10 alimentos calóricos, mas muito importantes

Inspiração

December 7, 2017 21:17 By Fabiosa

Muitos são os comentários, e nós até mesmo já nos acostumamos com a ideia de que alimentos calóricos não podem ser bons para a nossa saúde e, justamente por isso, procuramos de todas as formas excluí-los da nossa alimentação. Entretanto, alguns deles não representam necessariamente quilos a mais, pelo contrário, são capazes até de fortalecer a nossa imunidade e fornecer ao nosso organismo uma série de vitaminas e outros elementos necessários.

Apresentaremos uma relação de 10 alimentos que podem ser incluídos em sua dieta.

1. Chocolate

Africa Studio / Shutterstock.com

O chocolate não contém apenas o famoso “hormônio da felicidade”, a serotonina, que atua diretamente no nosso humor, mas também dispõe de flavonoides que melhoram a permeabilidade vascular e a produção de óxido nítrico no sangue. Entretanto, podemos considerar como benéfico para o nosso organismo um chocolate de qualidade e com concentração mínima de cacau entre 75–80%.

2. Queijo

Apesar do queijo ser um produto altamente calórico (por exemplo, 100 gramas de cheddar correspondem a 429 kcal), ele se destaca por ser uma fonte rica em proteínas e cálcio. Mesmo que você esteja lutando contra a balança, não há necessidade de excluir esse produto da sua alimentação, apenas controlar a quantidade ingerida por dia.

3. Abacate

Nataliya Arzamasova / Shutterstock.com

O abacate é uma incrível fonte de gorduras monoinsaturadas que efetivamente reduzem o colesterol. Além disso, o abacate contém luteína, ácido fólico e uma enorme quantidade de vitaminas. Outra vantagem do abacate é que a fruta amadurece em casa, ou seja, não tenha receio de comprar, mesmo se ainda estiver verde.

4. Frutas secas

Provavelmente, muitos já ouviram falar das propriedades das frutas secas. Tâmaras, abacaxi, passas e damascos secos se destacam por serem produtos ricos em fibras e outros nutrientes. Fique de olho apenas em uma eventual adição de açúcares na composição.

5. Manteiga de amendoim

inewsfoto / Shutterstock.com

Sim, esse produto é muito calórico, 100 gramas contêm o equivalente a 588 kcal. Essa manteiga está presente em muitas dietas com baixa concentração de carboidratos. O amendoim, assim como outras amêndoas, contém uma grande quantidade de proteínas e vitaminas. Justamente por isso, é importante adicioná-lo à sua alimentação. Entretanto, recomenda-se o consumo moderado do produto.

6. Carne

Apesar das calorias, os nutricionistas concordam que a carne é uma ótima fonte de ferro, proteínas e vitaminas. Por exemplo, a carne de novilha é rica em gorduras monoinsaturadas e ácido alfalinolênico, cuja deficiência contribui para mudanças de humor e fraqueza muscular.

7. Húmus

Brent Hofacker / Shutterstock.com

Gostoso e nutritivo, embora seja um produto altamente calórico. Tradicionalmente, o húmus é preparado com grão-de-bico, óleo de sésamo, azeite, suco de limão e especiarias. É conhecido por conter muitas proteínas, gorduras saudáveis, vitaminas e fibras.

8. Azeite de oliva

Uma simples colher de sopa de azeite de oliva contém 120 kcal, mas, graças às gorduras poli-insaturadas, este produto efetivamente neutraliza a sensação de fome e ajuda no combate aos quilos extras. Entretanto, procure não exagerar no uso ao temperar saladas e use com moderação.

9. Bananas

Brent Hofacker / Shutterstock.com

As bananas são muito nutritivas e ajudam a saciar a fome rapidamente caso você não tenha tempo para uma refeição completa. A banana é rica em muitos elementos, mas deve ser consumida em pequenas quantidades; afinal, uma banana de tamanho médio contém cerca de 120 kcal.

10. Quinua

Poucos sabem, mas a quinua está entre os vinte melhores alimentos do mundo para consumo. Ela ajuda a reduzir o colesterol e o açúcar, é igualmente benéfica para pessoas que sofrem de doenças cardíacas e diabetes. Este produto é rico em fibras e ajuda na eliminação das toxinas, além de ter um efeito calmante para o sistema nervoso.

Como vimos acima, o elevado teor calórico de um ou outro alimento não é motivo para excluí-lo da alimentação. Muitas vezes, eles, além de gostosos, podem ser bastante importantes.


Este artigo é meramente informativo. Dietas ou alimentos individuais podem ser perigosos para a saúde ou causar uma reação alérgica. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não tem qualquer responsabilidade por danos que possam ser causados pelo uso das informações indicadas no artigo. Consulte um especialista certificado antes de iniciar dietas e outras práticas similares.