100 dias na Família Real: o outro lado do conto de fadas de Meghan

Independentemente de quantas roupas de moda a Duquesa de Sussex usou e quantas falhas foram testemunhadas, é claramente visível que a vida de Meghan mudou muito depois do casamento.

gettyimages

Como a jovem esposa de Harry se sente três meses depois do casamento? Ela está feliz com seu novo papel ou se arrepende de ter abandonado a carreira?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Surpreendeu outra vez! Meghan Markle resolve abandonar os tons neutros e inova com um vestido fabuloso!

gettyimages

O conto de fadas de Megan começou no dia 19 de maio de 2018, quando ela se casou com um verdadeiro príncipe. Agora, ela mora no palácio e possui um título oficial. Porém, isso não é suficiente para o público – como sempre, eles querem mais.

Veja o que o antigo mordomo da Princesa Diana, Paul Burrell, pensa sobre a situação:

É interessante o fato de Megan ter se juntado à maior "novela" do mundo, tendo recebido o papel mais importante em sua vida como atriz.

Claro, ela sonhava em ser famosa. Definitivamente, ela recebeu o que queria! Mas parece haver um certo sentido na frase: 'Cuidado com aquilo que você sonha, porque pode se tornar realidade!'. Às vezes, não é o que parece ser.

Meghan Markle and Prince Harrygettyimages

O pai de Megan também não parece feliz com o casamento da filha.

A realeza lembra os cientologistas ou "uma família de Stepford". Se eles ouvirem alguém tentando falar com eles, eles apenas trancam as portas e colocam os dedos nos ouvidos para não ouvir nada.

Como Megan tem que levar um estilo de vida muito mais reservado agora, não podemos dizer que os primeiros 100 dias de sua vida real foram de puro sucesso e satisfação.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Pai de Meghan Markle dá mais uma entrevista bombástica e revela conteúdo de ligação que recebeu do Príncipe!

gettyimages

Veja o que Paul Burrell pensa sobre isso:

No palácio, não há lugar para pessoas como Thomas Markle ou outros parentes ingratos. As pessoas que se casam com membros da família real estão perdidas no mar. Os novos parentes de Meghan se preocupam com a segurança dela, mas e quanto a todas as pessoas próximas de seu meio? Eu acho que eles precisam pensar sobre isso. Isso é um problema e tanto.

Claro, Harry está apaixonado por sua esposa e não quer vê-la sofrendo. Por isso, muito provavelmente, em alguns aspectos da vida familiar, Meghan terá mais liberdade do que sua “colega” Kate, que sempre se sentirá pressionada, já que seu marido é o segundo herdeiro do trono.

gettyimages

Em geral, os primeiros 100 dias de Meghan se tornaram um ensaio para sua futura vida real. Ela agradou ao público com suas roupas e reafirmou sua lealdade à nova família de todas as formas possíveis.

gettyimages

Claro, houve alguns erros infelizes. Porém, isso é compreensível!

Aqui está o que a especialista em etiqueta Liz Brewer pensa sobre isso:

Assim que você mergulha na vida real, você vai se adaptando aos poucos, tentando não cometer erros. Você quer ser aprovado. É assim que uma criança pequena se sente às vezes.

Você sempre será informado se estiver fazendo algo errado. Ser parte da família real não é muito fácil, mesmo que você tenha um marido tão maravilhoso quanto Harry.

Inevitavelmente, Meghan ainda cometerá muitas falhas e erros, já que ela ainda está se habituando.

gettyimages

Esperamos que ela consiga lidar bem com tudo isso. Esses foram apenas os primeiros 100 dias, e ainda há muito mais pela frente.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Meghan Markle teve que devolver alguns presentes que recebeu em seu aniversário. Mas por quê?