8 coisas que não devem ser faladas na frente das crianças

FAMÍLIA & CRIANÇAS

8 coisas que não devem ser faladas na frente das crianças

Date May 9, 2018 20:57

As crianças são como esponjas e absorvem tudo aquilo que é falado no ambiente familiar e externo. Mas, se a criança, de uma hora para a outra, começar a dizer coisas incompatíveis com a sua faixa etária, vale a pena pensar se não são os pais que estão falando coisas demais na frente dela.

A forma como a criança vê o mundo e seu caráter futuro estão diretamente relacionados ao comportamento e atitudes dos pais. Por isso, é muito importante "filtrar" os assuntos que podem ser falados diante das crianças. Alguns temas devem ser conversados bem longe dos ouvidos das delas.

1. Brigas familiares

Nossas bisavós já diziam para suas filhas: "Nunca discuta com seu marido na frente das crianças. Do contrário, as crianças não vão respeitar nem você, nem o seu marido.", as discussões devem ser privadas, apenas entre os pais, e em local apropriado, a partir do qual não haja risco de a criança estar ouvindo. As paredes têm ouvidos! Vale a pena tentar discutir qualquer assunto sem precisar usar o recurso do grito. Isso será bom tanto para as crianças quanto para vocês.

 

Publicação de Svetlana (@little_surprise_1988)

2. Dificuldades financeiras

Para vocês, a discussão sobre questões materiais ou dificuldades financeiras representam um fator negativo porém corriqueiro. No entanto, para a criança, esse assunto pode se tornar um fardo insuportável. Elas ainda não entendem bem o significado do dinheiro, mas já conseguem sentir coisas como preocupação e medo. Algumas começam a traçar paralelos com seus próprios brinquedos de aniversário e não querem mais pedir presentes.

 

Publicação de Yana (@yana_zhumasheva)

RECOMENDAMOS PARA VOCÊEntenda por que o stress faz você engordar e o que você pode fazer para não cair nessa

3. Fofocas

Caso vocês comentem em casa, na frente de seu filho, sobre a professora que é uma cretina e como ela maltrata o filho do Gomes ou sobre a Helena, que se separou do marido, seu filho não irá respeitar a professora e olhará desconfiado para a tia Helena. É justamente de tais recortes que é fomada a visão de mundo da criança. Para as crianças, é preciso ser positivo e falar sobre coisas boas e interessantes. 

 

Publicação de Aleksandra Barchyk (@artsandra)

4. Criticar

Pais costumam criticar muito seus filhos. Muitas vezes, os pais fazem isso na frente de amigos e parentes e até falam mal deles para seus amigos e parentes. As crianças, ao ouvirem isso, colocam na cabeça que os pais não gostam delas e reagem: se comportam mal, não obedecem, e aquilo que parecia ruim fica ainda pior. Além disso, pode ser que a criança passe a esconder coisas de você, e a retomada de confiança pode demorar muito tempo. 

5. Conversas e assuntos de adulto

As crianças têm amadurecido cada vez mais cedo. No entanto, é importante fazer o máximo para que a inocência seja conservada por mais tempo. Quaisquer histórias de duplo sentido, piadas obscenas ou detalhes íntimos podem ser interpretados como "fruto proibido" e, justamente por isso, o mais saboroso. 

 

Publicação de Anna_Shurekova (@anutozka)

 

6. Problemas globais

Não, não queremos dizer com isso que temos que criar uma redoma e que não devemos nos informar sobre os problemas do mundo como guerra, fome, doenças, sofrimentos e catástrofes naturais. No entanto, o problema é a quantidade de tempo que os adultos falam sobre isso: se houver um exagero, a criança pode não aguentar.

No fundo, os adultos não acreditam que esses horrores digam respeito diretamente a eles. Se acreditassem, provavelmente se comportariam de outra forma. E, muitas vezes, nos surpreendemos, como crianças tão adoráveis viram dolescentes com sérios problemas ligados à depressão e com inclinação ao suicídio.

Tenha aenção aos medos cotidianos que, muitas vezes, levam à amargura e ao desenvolvimento do egoísmo. Por isso, é importante que os pais não sejam os mensageiros do Apocalipse, mas que transmitam segurança aos filhos, algo como: "Não tenha medo. Tudo ficará bem. Estaremos sempre próximos de você!"

7. Crimes

É claro que é preciso explicar para as crianças o que são as drogas, que não existem apenas pessoas boas no mundo, que elas não devem passear sozinhas em certos locais e em determinados horários, mas você não precisa fazer terrorismo para falar com elas sobre isso. Talvez esse seja um dos erros dos pais. Eles acham que, se eles contarem aos filhos que naquele bairro um maníaco atacou uma garota ou que lá alguém foi agredido a faca, isso fará com que seu filho tenha ainda mais cuidado. Não, pelo contrário: eles ficarão com mais medo ainda do mundo em que vivem.

 

Publicação de Vitaly Pakhomov (@cop.show)

8. Autoflagelação

Humilhar-se diante das crianças é a melhor forma de ensiná-las a não ter respeito por você. O que você pensa de si mesmo é o que elas vão achar. Pelo menos, aquilo que você expressar. Se a mãe se considera uma fracassada, tola, gorda e feia, a criança irá internalizar isso sobre a mãe. Caso o pai se considere um perdedor, não há motivos para esperar que os filhos o considerem um vitorioso. Como seus filhos poderão respeitá-los se vocês mesmos não se respeitarem?

Não é à toa que nossos antepassados diziam que a palavra é de prata, e o silêncio é de ouro. As crianças saberão de tudo ao seu tempo; por enquanto deixem apenas que elas cresçam! 

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊComo eliminar pedras nos rins naturalmente: suco de limão e outros 7 remédios eficazes