Alerta! Pais detectaram doença fatal da filha depois de uma simples foto no balanço

Família & Crianças

December 18, 2018 14:41 By Fabiosa

Às vezes podemos ter um diagnóstico de uma maneira estranha. Os sinais de alerta de algumas doenças são tão simplórios e "inofensivos" que podem ser difíceis de notar. Foi exatamente isso que aconteceu com os personagens dessa história.

Em 2016, Dave Fletcher da cidade de Worcester (Reino Unido) foi passear com sua filha Izzy. O homem colocou a garota em um balanço e a empurrou várias vezes. A garota adormeceu imediatamente. O pai não prestou muita atenção e até ficou emocionado com a filha adormecida, tirando várias fotos.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Doença de Crohn: quais são os sintomas e como evitar que a doença piore

Somente depois de algumas semanas, ele e sua esposa, Vicky, descobriram que o cansaço da filha era um sinal de leucemia.

 

Ela estava cansada, teve alguns resfriados e vírus, além de alguns hematomas nas pernas. Mas nós achamos que tudo isso era normal, doenças sem importância.

 Lembraram os pais da menina.

Uma semana depois, iniciou-se uma rodada de quimioterapia. A menina comemorou seu segundo aniversário no hospital. Ela teve sorte de ter sido diagnosticada com câncer no sangue em um estágio inicial. Os médicos disseram que Izzy lidou com o tratamento muito bem.

Dave e Vicky esperam que o câncer nunca retorne. Agora eles querem alertar outros pais sobre os primeiros sintomas desta doença horrível.


Sintomas da leucemia em crianças:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Doença cardíaca: 10 fatores de risco comuns

Os principais sintomas incluem o seguinte:

  • contusões e equimoses;
  • gânglios linfáticos inchados;
  • dores de estômago e falta de apetite;
  • dificuldade em respirar;
  • infecções frequentes;
  • anemia;
  • dor óssea e articular.

Alerta! Pais detectaram doença fatal da filha depois de uma simples foto no balançoLightField Studios / Shutterstock.com

A detecção precoce da leucemia melhora a eficiência do tratamento. Espero que essa informação aumente a conscientização e ajude a salvar mais de uma criança.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Sensibilidade a mudanças climáticas: doença ou autossugestão?


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.