"Diga adeus para a mamãe": Ela quase teve a filha sequestrada no supermercado, mas o que esta mãe fez impediu uma tragédia

Família & Crianças

October 18, 2018 23:37 By Fabiosa

Três estranhos observavam atentamente uma mãe com sua filhinha e tentavam sequestrar o bebê em plena luz do dia. Felizmente, a mulher ficou alerta e afastou os criminosos, mas a história poderia ter sido bem diferente!

Mama Belle and the kids / Shutterstock.com

História real 

Amanda é uma moradora do Texas, EUA que levou algum tempo para se recompor depois de quase perder sua filha de dois anos em um supermercado. Apenas seu instinto materno e vigilância impediram que o irreparável acontecesse.

Amanda e sua filha estavam de pé em uma fila, esperando sua vez de pagar as compras. Um casal à frente começou a olhar para a criança e começou a perguntar sobre a menina, elogiando o quão fofa ela era. Enquanto se aproximavam, perguntaram se podiam segurá-la. A mulher chegou tão perto que os braços já estendidos do bebê se estenderam ao redor dela.  
Em outro momento, ela começou a recuar com a filha de Amanda em seus braços. Ela virou-se para o bebê e disse: 

Diga tchau para mamãe. 

Esta frase chocou tanto Amanda que ela arrancou a filha das mãos da mulher. Seu desespero foi tanto que ela puxou sua filha rapidamente e o estranho casal saiu da loja imediatamente. 

 

Amanda também notou um homem parado ali perto, que obviamente não tinha ido até lá para fazer compras. Ele olhou na direção oposta, mas ela sentiu que ele estava observando a situação atentamente o tempo todo. Ela está convencida de que ele estava junto com o casal, porque os sequestradores trabalham em grupos.  

Ela perguntou em voz alta ao atendente do mercado sobre a equipe de segurança e se havia vigilância por vídeo.

Amanda descreveu sua história no Facebook para chamar a atenção dos pais para esses casos e lembrá-los de estarem atentos em lugares públicos. Não deixe os bebês se afastarem de você e ensine-lhes regras de segurança desde o início. 


 RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Inaceitável! Bebê morre minutos depois de ser batizado e o vídeo do ato violento está horrorizando o mundo inteiro!

Como proteger as crianças de sequestros

MariaNikiforova / Shutterstock.com

Apenas nos EUA, cerca de 2 mil crianças são dadas como desaparecidas todos os dias! Alguns desses casos poderiam ter sido evitados se pais e professores tivessem aprendido medidas básicas de segurança, e as crianças tivessem ficado mais atentas ao que está acontecendo. 
 
Queremos lembrá-lo dessas regras novamente.

epiximages / Shutterstock.com

O que as crianças precisam saber: 
 

  • Jamais se aproximar de estranhos, mesmo que eles ofereçam algo saboroso ou interessante; 
  • fugir ou gritar se alguém tentar levar à força ou entrar em um carro; 
  • sempre pedir permissão aos pais para ir a algum lugar, mesmo que seja convidado por amigos; 
  • sempre notificar os pais se estiver atrasado da escola, ou na casa dos amigos; 
  • sempre fale com pais ou professores se for (ou tiver sido) abordado, ou ouvir perguntas estranhas de desconhecidos na rua. 

Ann in the uk / Shutterstock.com

O que os pais devem fazer: 
 

  • ensine até mesmo os mais novos sobre seu primeiro nome, sobrenome e endereço; 
  • explique como agir caso se perca em uma loja ou em um shopping. Lembre-os de que eles não devem deixar o local para procurar por você, ensine-os a ficar parado esperando que você o encontre; 
  • tire uma foto do seu filho a cada seis meses. Se possível, tire impressões digitais; 
  • limitar os lugares onde as crianças podem ir. Por exemplo, escola, loja e playground; 
  • nunca deixe crianças em um carrinho de bebê ou em um carro sozinho, nem por um minuto; 
  • escolha uma babá com cuidado. Deixe os professores e educadores saberem quem pode buscar seus filhos, caso você não os busque; 
  • não vestir uma criança em roupas com seus nomes, isso dá aos sequestradores a oportunidade de fingir que os conhecem; 
  • crie uma palavra de código que só as pessoas mais próximas saberão; 
  • se a criança for deixada sozinha em casa, certifique-se de que eles sabem como trancar a porta e explique que não deve abrir a estranhos, não importa o que digam. 

Kumpol Chuansakul / Shutterstock.com

Quando conversar com seu filho sobre medidas de segurança, não seja intimidante. Explique tudo de maneira gentil e calma. É melhor ter essa conversa várias vezes e retornar a ela de vez em quando. Cuide de si e dos seus filhos com carinho! 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Estudo mostra que as crianças herdam a inteligência de suas mães e a ciência afirma que é verdade