Beneficiado por uma selfie: Uma foto que livrou um homem de

Beneficiado por uma selfie: Uma foto que livrou um homem de uma sentença de 99 anos de prisão

Notícias

December 12, 2018 18:53 By Fabiosa

Ter um celular, um bastão de selfie, e uma conta em uma rede social possibilita que as pessoas possam manter registros de todos os momentos de suas vidas como internautas: onde ele/ela esteve, o que comeu e com quem se encontrou. Isto é o que basicamente todo mundo compartilha na internet. Alguns gostam disso, outros acham irritante. Mas, parece que as selfies podem até salvar alguém da prisão.

Christopher Precopia, de 21 anos, foi preso em seu trabalho no dia 21 de setembro de 2017. Ele foi acusado de agredir sua ex-namorada, com quem ele estudava na faculdade. 

A garota alegava que Christopher invadiu sua casa na noite do dia 20 de setembro, por volta das 19h e usou um abridor de cartas para fazer alguns cortes em seu peito. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Selfie em olho de cobra: Homem arrisca a vida para tirar foto com o réptil venenoso.

O rapaz ficou chocado e confuso. Ele teria que enfrentar uma sentença de 99 anos de prisão. Mesmo que Christopher e sua família soubessem que ele nunca seria capaz de cometer tão coisa, uma vez que ele estava a quilômetros de distância da cena do crime na hora em que tudo teria acontecido. Eles tinham provas também, era um selfie com localização geográfica e com o horário estampado nela, tirada pela mãe de Erin e postado em sua página do Facebook. Foi um álibi 100% sólido! 

No entanto, custou 150 mil dólares (cerca de 577 mil reais) dos advogados e dos pais de Christopher de fiança para que ele fosse solto, e nove meses para provar a inocência dele.

Todo mundo ficou aliviado depois que a justiça foi feita e as acusações foram retiradas. E isso tudo graças a selfie! Quem iria imaginar que isso teria uma atuação tão importante no processo? Então vá em frente, tire mais selfies!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: A câmera frontal não havia sido criada para tirar selfie