Ao perceber que ninguém cedeu espaço para cadeirante, moto

NOTÍCIAS

Ao perceber que ninguém cedeu espaço para cadeirante, motorista de ônibus toma atitude inesperada e dá uma tremenda lição

Date November 14, 2018 21:35

A vida é dinâmica e imprevisível, então mesmo quando você começa a ter algumas conquistas, nunca esqueça de colocar os pés no chão e sentir compaixão por aqueles menos afortunados.

Todo mundo pode precisar de uma cadeira de rodas algum dia.

Um motorista de ônibus de Paris tentou ensinar essa simples mensagem aos seus passageiros com uma só ação.

Motorista virou herói

Francois Le Berre vive em Paris e é cadeirante devido à esclerose múltipla. Quando precisa se deslocar pela cidade, ele utiliza o transporte público que é adaptado com rampas de acesso. Mas, um dia as coisas não funcionaram tão bem assim!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: O jovem deficiente que terminou um doutorado em Física com a ajuda das mãos de sua mãe, literalmente

Quando o ônibus chegou, estava muito cheio e nenhum dos passageiros se moveu para abrir espaço para Francois. Presenciando aquela cena de indiferença, o motorista gritou:

Fim da linha!

mandou todo mundo descer do ônibus.

Relutantes, os passageiros obedeceram a ordem do motorista e muitos reclamaram! Então, o profissional foi até Francois e falou que ele poderia subir enquanto os outros poderiam ficar esperando pelo próximo veículo.

Ontem enquanto eu esperava pelo ônibus, ninguém quis abrir espaço para eu entrar. Então, o motorista se levantou e gritou: "TFim da linha! Todos para fora do ônibus!"

Não precisamos nem dizer que esse caso causou um grande alvoroço, não é? Quando o rapaz postou a história no Twitter, em pouco tempo ele já contava com mais de 14 mil curtidas e 6 mil compartilhamentos, e praticamente todos falando bem da atitude do motorista.

Como ajudar pessoas com deficiência?

Na verdade, ninguém está imune a sérios problemas de saúde, portanto é necessário mostrar compaixão e ajudar aqueles que não tiveram tanta sorte:

  1. Nós devemos aprender a nos comunicar com eles utilizando palavras que não agravem seus sofrimentos mentais por possuírem esses desafios físicos. Por exemplo, "pessoa em cadeira de rodas" ao invés de "alguém incapaz de andar".
  2. Ao falar com alguém com deficiência, olhe em seus olhos e tente descer até o nível de seus rostos para ter uma comunicação igual.
  3. Antes de oferecer ajuda, pergunte se eles precisam e não se sinta ofendido caso recusem.
  4. Fale com calma, educadamente e seja confiável.

Certamente o motorista francês ensinou uma grande lição sobre esse caso e esperamos que esse artigo seja capaz de sensibilizar ainda mais corações!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: A deficiência desse homem não o impediu de realizar grandes coisas na vida!