Esta mãe amamentou publicamente seu filho na Disneyland e n

FAMÍLIA & CRIANÇAS

Esta mãe amamentou publicamente seu filho na Disneyland e nem todos aprovaram

Date February 19, 2018 12:30

O tema da amamentação em público sempre foi controverso. Portanto, não é nenhuma surpresa que esta história esteja causando polêmica nas redes sociais.

Brittni Nishimura / Facebook

Uma mulher chamada Brittni publicou uma foto de si mesma amamentando em um parque da Disneyland, o que teve uma grande repercussão.

Brittni sempre acreditou que a alimentação de um bebê não precisa ser algo que as mães devem fazer escondidas e a portas fechadas. Ela é defensora da amamentação em público e não vê nenhum motivo para que alguém pense de outra forma.

Brittni Nishimura / Facebook

A foto publicada pela mãe de duas crianças viralizou e recebeu todos os tipos de respostas, tanto positivas quanto negativas.

Em sua postagem, ela explicou que seu filho de 10 meses de idade ficou com fome enquanto estavam na fila do parque. Brittni não hesitou em puxar sua blusa para baixo e alimentar seu filho.

Brittni Nishimura / Facebook

Somos estudantes e vamos para a Disney com frequência. Bem, meu pequenino tem 10 meses e é muito fofo! Portanto, estamos bastante confortáveis ​​em alimentá-lo em qualquer lugar e de qualquer forma. Bem, essas senhoras estavam tão bravas com isso que meu marido precisava tirar uma foto. Veja só as haters?

As figuras do dia ?. Tínhamos que tirar uma foto!

ATUALIZAÇÃO #1: como algumas pessoas ficaram indignadas, não, eu não estava andando e alimentando ele neste momento (eu já fiz isso antes e faria novamente). Eu estava em pé e em uma fila longa para tirar uma foto nossa, quando meu filho ficou com fome e eu não iria pegar outra fila de novo. Então, tirei meu top e o amamentei. Essas mulheres estavam fazendo comentários sarcásticos, então me mudei de lugar para tirar uma foto com essas figuras. Não é chamar atenção para mim, mas atenção ao fato de que NENHUMA MULHER DEVE SER SE SENTIR ENVERGONHADA POR AMAMENTAR SEU BEBÊ DE FORMA DESCOBERTA.

Atualização #2:

Primeiro;

Obrigada a todos que me enviaram mensagens e mostraram o seu apoio! Como qualquer coisa que será normalizada na sociedade, isso leva tempo! Sim, nem todos concordam. Por um lado, não preciso da sua aprovação! A política da Disney e a lei me apoiam plenamente. Os peitos não são sexuais! Se você não consegue informar aos seus filhos que um bebê está se alimentando, esse não é meu problema. Eu normalmente fico tão "exposta" assim ao alimentar meu filho? Não! Mas nem todos os momentos como mãe são glamorosos! Neste momento, ele é um garotão e está puxando minha camisa de amamentação! Eu nunca esperava que a imagem viralizasse; obviamente, não é a minha melhor [foto], mas eu a adoro porque, novamente, nem todos os momentos de mãe são glamorosos.

Segundo;

Isso chegou às mulheres da foto e às suas famílias! Um membro da família me enviou mensagem afirmando que estava envergonhado pelo comportamento de suas tias. As mulheres comentaram em um artigo que se negavam a dizer qualquer coisa. Ela alegou que estava cansada e não queria ficar na fila. Ela afirma que nunca me viu amamentando, mas me viu colocar de volta o meu segundo top. Eu não coloquei o meu segundo top até chegar a nossa vez, porque eu havia trocado a camisa do meu filho! Ela fez questão de dizer que era autoconsciente e todas as observações em relação a ela são desnecessárias. E sobre dizer que eu deveria ter usado um banheiro? Se você tem a audácia de dizer algo para uma mãe que está em uma fila amamentando seu filho, espere que algo aconteça ou seja dito. De qualquer maneira, eu escrevi a ela perguntando por que não podia se desculpar ou me escrever em vez de mentir e chorar sobre as coisas que as pessoas estão dizendo. Se você teve um problema com isso, o que está claro que isso aconteceu, por que não assumi-lo? 30% do que eu li pode concordar [comigo].

A maioria das pessoas ao redor olhava com raiva. Na verdade, duas delas foram capturadas na foto que seu marido tirou.

Brittni Nishimura / Facebook

Brittni não aparentava estar nem um pouco incomodada. Ela sorria orgulhosamente enquanto posava para as fotos, ignorando completamente aqueles que poderiam ter se sentido desconfortáveis, ofendidos ou até mesmo enojados.

Claro, assim que a imagem foi publicada, ela rapidamente viralizou. As pessoas estavam dando todos os tipos de opinião. Havia aquelas que acreditavam que Brittni poderia ter se coberto pelo menos um pouco mais:

Brittni Nishimura / Facebook

Eu adoro que você amamente o seu bebê... Eu só quero lembrá-la de que a nudez pública é contra a lei. Tente [ir para] um banco e puxe o seu top para cima. Isso [irá] mostra alguma classe.

Brittni Nishimura / Facebook

Então, acho que [se] uma linda menina jovem estiver com seus seios à mostra e amamentando sua criança de 2 anos em público, você não se importaria com o seu marido olhando [para ela], estaria tudo bem por você?

Brittni Nishimura / Facebook

Você é simplesmente ignorante, porque poderia ter coberto [os seios] em lugares públicos

Depois, apareceram alguns que achavam que o problema não era a amamentação, mas, sim, a forma como Brittni fez isso.

Brittni Nishimura / Facebook

Eu sou uma grande defensora da amamentação em público, mas são fotos como esta que ajudam a criar esse estigma. Há uma diferença entre tentar amamentar o seu bebê e isso; [ela está] buscando claramente chamar a atenção e expor o momento na cara do público. O pobre bebê Micah nem mesmo parece estar confortável

Brittni Nishimura / Facebook

Poderia ter sido feito com um pouco de classe; eu não tenho problemas com mães amamentando seus bebês, mas a sua tentativa é bastante feia. Parece ser mais uma coisa de chamar atenção para você do que qualquer outra coisa...

Brittni Nishimura / Facebook

Perfeitamente natural entre uma mãe e um filho; não há necessidade de compartilhar momentos especiais entre os dois com centenas de outras pessoas em um parque de diversões lotado e depois publicar uma foto no FB

Ainda, havia as mães que a apoiaram e disseram que a mulher tem o direito de alimentar um bebê a qualquer momento e da forma como ela quisesse.

Brittni Nishimura / Facebook

Eu amamentei todos os meus filhos por um mínimo de 18 meses cada. Eu os amamentei sempre que estavam com fome. Naquele tempo, entre 1980 e 1994, não havia leis para nos proteger. No entanto, havia uma completa falta de julgamento. Nunca fui envergonhada, ridicularizada, encarada, submetida a comentários cruéis de estranhos ou pedida para sair de qualquer lugar. Naquela época, havia roupas para mães lactantes que foram projetadas para os bebês, não para os observadores. Meus filhos podiam se alimentar sem serem julgados; tudo o que eu tinha que fazer era abrir a porta secreta e tirar o peito. Os tempos mudaram, passamos da aceitação do que é natural para o desprezo. Nós passamos de cuidar da nossa própria vida para nos preocupar com as dos outros. Adoro ver mulheres fazendo o que é natural. Eu apoio a sua escolha porque é a sua escolha e não tem nada a ver comigo.

Brittni Nishimura / Facebook

Eu concordo que você deve ser capaz de amamentar em público; é a coisa mais natural do mundo alimentar o seu bebê. As pessoas se sentem desconfortáveis em torno de seios expostos, especialmente os homens, pois eles não querem ser julgados por olhar ou assistir, mesmo que não tenham problemas com a amamentação em público. Eu sempre usei uma coberta fina (musselina) apenas para cobrir levemente. Se fosse um dia muito quente e ele estivesse quente, eu simplesmente puxava um lado do meu top para cima sobre o meu top de amamentação e segurava [o peito] no lugar com o braço que eu usava para apoiar o bebê, dessa forma, apenas o peito que [pelo qual] ele estava se alimentando ficava descoberto e sua cabeça cobria a maior parte, ou seja, não havia muito de mim para ver.

Brittni Nishimura / Facebook

Se as pessoas não conseguem se acostumar a ver essa parte mais natural da vida, alimentar seus filhos, é melhor que elas se acostumem com isso porque está aqui para ficar.

Imaginamos que esta é uma discussão que provavelmente continuará por anos. Enquanto isso, podemos apenas sugerir que as pessoas sejam mais gentis entre si, mesmo quando não concordam umas com as outras.