Uma mulher implorou para que um oficial adotasse uma companheira de 4 patas horas antes de

ANIMAIS

Uma mulher implorou para que um oficial adotasse uma companheira de 4 patas horas antes dela ser sacrificada. Anos depois, a cadela retribuiu o gesto de carinho!

Date October 10, 2018 00:57

O ditado "tudo acontece por um motivo" é algo que muitas pessoas prezam.  

Para muitos, o propósito por trás daquilo que acontece normalmente tem uma lógica, já para outros demora um pouco. Para este cão energético, Ruby, levou 4 anos e tudo finalmente fez sentido.

Uma mulher implorou para que um oficial adotasse uma companheira de 4 patas horas antes dela ser sacrificada. Anos depois, a cadela retribuiu o gesto de carinho!Today / YouTube

Ruby foi considerado inadotável por causa de sua natureza teimosa e temperamental. Apesar de todos os esforços para domá-la, a cachorra continuou sendo devolvida ao abrigo, pois seus proprietários preferiam não lidar com seu comportamento. 

Uma instrutora que trabalhava na tentativa de suavizar o comportamento agressivo do animal, Patricia Inman se esforçou para domar o cão, mas a melhora registrada não era boa o suficiente. A conclusão foi que Ruby precisava ser abatida. 

Uma mulher implorou para que um oficial adotasse uma companheira de 4 patas horas antes dela ser sacrificada. Anos depois, a cadela retribuiu o gesto de carinho!Today / YouTube

No entanto, o destino tinha outros planos para a cachorra. Apenas duas horas antes de ser abatida, Patricia, como último recurso, implorou ao oficial Matthew Zarela que adotasse a teimosa moradora do canil.

O oficial se apaixonou assim que pôs os olhos no animal e teve uma ideia para um dono perfeito. Daniel O'Neal, um colega policial estava pedindo por um parceiro de quatro patas há muito tempo e quando Ruby foi oferecida como possibilidade de adoção, ele ficou extremamente feliz em tê-la. Os próximos meses foram gastos tentando treinar a cadela energética. 

Uma mulher implorou para que um oficial adotasse uma companheira de 4 patas horas antes dela ser sacrificada. Anos depois, a cadela retribuiu o gesto de carinho!Today / YouTube

Não foi uma tarefa fácil, mas Ruby acabou sendo domada e se tornou um membro pleno da família de O'Neal, que consistia de sua esposa, um recém-nascido e outro cachorro.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Passarinho faz sucesso em vídeo ao bater as asas na mesma frequência da câmera

Quatro anos depois, a razão pela qual Ruby teve que viver se revelou. Oficiais junto com Ruby e O'Neal foram enviados para procurar na floresta por um adolescente que desapareceu. De repente, Ruby se separou do grupo e correu para um local, latindo para que seu dono a seguisse. 

Como já era esperado, Ruby localizou o adolescente. Ela ficou lambendo o rosto do menino em sua própria tentativa de acordá-lo. Ele havia sofrido ferimentos graves, então os policiais solicitaram ajuda de emergência. 

Os oficiais acharam difícil localizar a vítima no começa das buscas, mas com a ajuda da cachorra, que simplesmente fez um ótimo trabalho, tudo acabou bem.

Acontece que Ruby tinha uma conexão com o adolescente, assim como com sua família. Você sabe quem era a mãe do menino? Patricia Inman! Sim, a mesma mulher que salvou a vida de Ruby implorando ao oficial Matthew para levá-la. 

Muitos anos depois, Ruby retribuiu o favor salvando a vida de seu filho. Uma coincidência verdadeiramente memorável e surpreendente? Ou é um exemplo de sincronicidade? Tudo realmente acontece por um motivo?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Ensaio sensível mostra o envelhecimento do melhor amigo do homem