Cadelinha fofa foi presa por correntes mais pesadas do que ela, até o momento do seu emocionante resgate

Os cachorros anseiam por companhia humana. Eles sempre querem estar entre as pessoas. No entanto, muitos não podem porque alguns donos os classificam como cachorros de quintal.

Cadelinha fofa foi presa por correntes mais pesadas do que ela, até o momento do seu emocionante resgateRATT_ANARACH / Shutterstock.com

"Cachorro de quintal" é uma forma de abuso

É um mito popular que cachorros podem viver constantemente acorrentados do lado de fora sem que nada perigoso aconteça com eles. 

Esta cultura arcaica de forçar seu cachorro a viver do lado de fora frequentemente os leva a depressão e a se sentirem solitários.

Cadelinha fofa foi presa por correntes mais pesadas do que ela, até o momento do seu emocionante resgateSavvapanf Photo / Shutterstock.com

Agências de bem-estar animal fazem campanhas contras o hábito de deixar os cachorros no quintal, especialmente em condições extremas de temperatura.

Estas criaturinhas gostam de companhia. Portanto, seu cachorro precisa estar dentro de casa, com você, como parte da sua família - não como um membro excluído.

Das correntes para as almofadas!

Conheça Andie, a mais adorável cadelinha que você já viu! Infelizmente, Andie teve uma vida difícil. Ela foi acorrentada do lado de fora a blocos de concreto. Suas correntes eram mais pesadas que ela.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Cachorro segue câmera e aparece em várias imagens do Google Street View

Cadelinha fofa foi presa por correntes mais pesadas do que ela, até o momento do seu emocionante resgatePETA (People for the Ethical Treatment of Animals) / YouTube

Ela foi deixada lá por muito tempo, em um sol escaldante, e desenvolveu sarna – uma doença de pele causada por ácaros parasitas.

Andie latia o dia todo, gritando por socorro. Infelizmente, não havia ninguém para ajudá-la.

Foi então que o PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) entrou em ação. Eles imediatamente resgataram Andie de suas terríveis condições de vida, levaram-na e a trataram.

Andie está feliz da vida em seu novo lar, e ainda tem irmãos felinos, Artemis and Apollo, e eles adoram brincar juntos.

Ela ama deitar em sua poltrona favorita e vai a todo canto com seu brinquedinho. Felizmente, ela nunca mais terá que se preocupar em ser abandonada ao sol novamente.

Cadelinha fofa foi presa por correntes mais pesadas do que ela, até o momento do seu emocionante resgatePETA (People for the Ethical Treatment of Animals) / YouTube

Os problemas de deixar os cachorros acorrentados

Estes animais domésticos merecem ter a companhia humana, como também a chance de brincar lá fora com as crianças, para terem suas orelhas e barriguinhas acariciadas.

É triste o fato que algumas pessoas ainda deixam seus cachorros acorrentados lá fora, e há problemas que acontecem devido ao isolamento e a falta de ajuda, causada pela situação:

1. Eles se tornam vítimas de condições climáticas adversas;

2. Um monte de cachorros acorrentados terminam congelados até a morte ou morrendo de calor;

Cadelinha fofa foi presa por correntes mais pesadas do que ela, até o momento do seu emocionante resgatedog transformation covered in sores from mangeleadenpork / Shutterstock.com

3. Deixar o cachorro acorrentado o torna vulnerável aos outros animais selvagens ou a pessoas cruéis que podem machucá-los;

4. Algumas pessoas podem ficar irritadas com o latido dele e podem chegar ao ponto de os matarem para terem silêncio.

Você deve tentar trabalhar com sua comunidade local para manter os cachorros longe das correntes. Eles não merecem ser deixados do lado de fora, acabando vítimas do tempo ruim ou de pessoas más. Você tem que ser aquele que fará a diferença.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Bolinha: o cachorro "católico" que é sucesso na internet