O fantástico momento em que um bebê que nasceu sem os braços se alimenta, pela primeira vez, usando os pés!

Com uma grande quantidade de força de vontade, um pouco de coragem e uma pitada de apoio, é incrível o que uma pessoa é capaz de fazer.

Para a maioria de nós, pode ser bem difícil conseguir dobrar as costas e alcançar os pés, mas essa pequena russa deixou a gente passando vergonha.

Com uma flexibilidade incrível, a bebezinha fez o que muitos precisam de anos de treinamento e dedicação para conseguir, mas ela não alcançou o feito por diversão.

Ela nasceu sem os braços e foi forçada a fazer uma limonada com os limões que a vida lhe deu.

Enquanto muitos outros são criados para depender somente dos pais, com Vasilina foi diferente.

Vasilina e sua mãe estão prontas para a viagem. Mamãe com os vegetais e Vasilina com seu telefone! Logo ela mesma estará escrevendo estes posts!

Em um vídeo incrível, nossa inacreditável heroína prende com o garfo o que parecem batatas apenas usando seus pés.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Lizzy perdeu os braços e as pernas, mas é exemplo de superação para milhares de pessoas

Sua primeira tentativa dá errado, mas você acha que ela desiste? Nem pensar! Usando seu outro pé, ela ajeita a batata em seu garfo e coloca-o cuidadosamente na boca.

O grande momento mereceu uma salva de palmas e fez todo mundo ficar com lágrimas nos olhos. Elmira, sua mãe, está orgulhosa de sua princesinha, por isso, postou o vídeo no Facebook.

Agora, está ameaçando quebrar a internet com crescentes 79 milhões de visualizações, 88.000 comentários e cerca de 1,6 milhões de compartilhamentos. 

Vasilina com seu pai e sua vovó

A corajosa garotinha é pura resiliência e impressionou muitas pessoas que expressaram seus sentimentos na sessão de comentários.

Vasilina tentando pescar pela primeira vez.

Da mesma maneira que Vasilina consegue controlar seus pés maravilhosamente, temos que admitir que seus pais fizeram um excelente trabalho, e esta pequena amostra revela que eles estão transmitindo os valores necessários para que ela possa viver por conta própria.

O mundo dos adultos é cheio de desafios e pode não ser muito divertido às vezes, mas, pelo menos, podemos fazer isso para garantir que nossos pequenos mantenham suas chamas acesas.

Parabéns para os Knutzens! Vocês são demais!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: História de superação: homem perdeu as pernas aos 9 anos e hoje sustenta sua família trabalhando como pedreiro