Brincadeira de mau gosto: Enfermeiras foram demitidas depois de esmagar rosto de bebê e rirem de tudo

Um grupo de enfermeiras achou que seria engraçado espremer o rosto de um recém-nascido e registrar em vídeo a cena desprezível, enquanto riam. Mas, o que para elas foi divertido, não pegou bem para quem viu e as denunciou. 

Todas acabaram demitidas pelo ato nada “cômico”.

As enfermeiras da Arábia Saudita se filmaram rindo enquanto uma delas apertava e puxava o rosto de um recém-nascido que havia sido internado no hospital onde trabalham. 

UltraSuperLife / Facebook

O vídeo se tornou um viral online e as autoridades do país puderam rastrear a fonte e encontrar as enfermeiras responsáveis. Os pais ficaram extremamente furiosos ao descobrir o que estava acontecendo através do vídeo na mídia social.

 

Syda Productions / Shutterstock.com

As cenas abaixo não demoram mais do que alguns segundos, mas uma enfermeira pode ser vista amassando a criança pelo pescoço e testa. De uma maneira verdadeiramente horrível, ela espremeu o rosto do bebê enquanto o resto do grupo ria.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Absurdo! Uma escola no Chile vacinou crianças da primeira série contra o HPV por engano

Três enfermeiras foram presas após este incidente. O grupo trabalhou em uma maternidade renomada e todos ficaram chocados com o que as profissionais fizeram. 

Os oficiais da cidade investigaram a fonte do vídeo e conseguiram identificar as enfermeiras e o hospital onde ocorreu o incidente depois que a população ficou indignada. Todas foram imediatamente suspensas após a identificação. Suas licenças médicas foram revogadas e elas foram proibidas de praticar a função. 

vectorfusionart / Shutterstock.com

Embora muitos tenham ficado contentes por as enfermeiras terem enfrentado a justiça, as pessoas também estavam zangadas porque as identidades das profissionais eram mantidas em sigilo. 

O jornalista saudita Walid Al-Zahrani liderou um protesto para que as enfermeiras fossem nomeadas de modo a servir de lição para qualquer pessoa que brincar com um ser tão indefeso. 

  

via GIPHY

O pai do recém-nascido no vídeo disse que seu filho havia sido internado no hospital com uma infecção do trato urinário. Ele ficou horrorizado ao descobrir como seu bebê foi tratado. Ele pediu que as cuidadoras e qualquer outra pessoa que participou do abuso fossem punidas severamente. 

Parece que muitas pessoas devem aprender a tratar a todos com respeito, não é mesmo? 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Absurdo! Uma arma de choque foi o que policiais usaram para conter uma senhora de 87 anos que colhia plantas com uma faca

 

Recomendamos