Os pesquisadores confirmam: ficar sentado por longos períodos tem um impacto negativo em nossa saúde

Inspiração

October 25, 2017 18:32 By Fabiosa

De acordo com alguns especialistas, se você fica sentado em uma mesa de trabalho o dia todo, você deve fazer pausas curtas a cada 30 minutos. E há algo nesse raciocínio. Um novo estudo publicado no Jornal de Medicina Interna mostrou que, apesar dos exercícios físicos que uma pessoa possa fazer, ficar sentado por um tempo muito longo é um fator de risco para a morte prematura.

Igogosha / Shutterstock.com

O estudo examinou 7.985 participantes com 45 anos ou mais. Para medir o tempo sedentário entre os participantes, os pesquisadores usaram acelerômetros em seus quadris. Os resultados mostraram que os participantes passaram uma média de 12,3 horas sentados durante as 16 horas que estavam acordados. Uma vez que o estudo foi a longo prazo, à medida que ele era feito, os pesquisadores perceberam mortes (por uma variedade de razões). Eles descobriram que quando o tempo de sedentarismo aumentou, também aumentou o número de mortes precoces. No geral, o risco de morrer dos participantes aumentou de acordo com o tempo que passaram sentados - independentemente da idade, gênero, raça, índice de massa corporal ou hábitos de atividade física.

stickerama / Shutterstock.com

"Nós descobrimos que não havia patamar ou limite onde o risco de morte aumentou significativamente", disse Diaz. "Para lhe dar uma figura precisa, aqueles que passaram mais de 13 horas por dia em uma posição sentada tiveram o risco de morte multiplicado por 2 em comparação com aqueles que ficaram sentados menos de 11 horas por dia".

Quanto à extensão da posição sentada, os resultados do estudo indicam que aqueles que raramente ficaram sentados por mais de 30 minutos seguidos tiveram risco de morte inferior a 55% em comparação com aqueles que ficaram sentados por mais de 30 minutos consecutivos. Por fim, as pessoas que ficavam frequentemente sentadas por mais de 90 minutos seguidos tiveram o risco de morrer quase duas vezes mais alto do que as que quase nunca ultrapassaram os 90 minutos.

SkyPics Studio / Shutterstock.com

Esses resultados são bastante perturbadores e nos fazem pensar sobre o nosso estilo de vida. Faça as pausas com a maior frequência possível e pratique exercícios físicos com mais frequência.

Referência :  CNN