Especialistas recomendam deixar estes 10 hábitos para manter os nervos controlados

Especialistas recomendam deixar estes 10 hábitos para manter os nervos controlados

Inspiração

July 7, 2017 15:25 By Fabiosa

É comum que quando uma pessoa esteja nervosa, consciente ou inconsciente, recorra a costumes como morder as unhas ou ranger os dentes. No entanto, estas atividades parecem ser tão inocentes, na verdade poderiam causar danos severos à saúde.

Morder as unhas

Fazê-lo como hábito regular pode ocasionar sérios problemas tanto nas unhas quanto na pele que está ao redor delas e até na boca. De acordo com Michael Shapiro, dermatologista de Nova York: “as bactérias debaixo das unhas também podem ser transferidas para a boca, causando infecções nas gengivas e na garganta”.

Estalar o pescoço

Mesmo que isso possa provocar uma sensação de relaxamento, na verdade este hábito gera pequenas fendas que lesionam o pescoço. Michael Gleiber, cirurgião ortopédico e professor assistente da Universidade Atlântica de La Florida, afirma: “este movimento excessivo pode causar um desgaste nas articulações, além de se tornar uma artrite com o tempo. Inclusive, pode desencadear um acidente vascular cerebral”.

Brincar com o cabelo

Segundo o dermatologista Ariel Ostad, enrolar maços de cabelo ao redor dos dedos pode provocar danos na raiz do cabelo: “isto pode desencadear perdas temporais ou permanentes de cabelo em áreas específicas da cabeça”.

Tocar o rosto

Os hábitos, tanto de tocar repetidamente o rosto ou acne que há nele, pode danificar as camadas microscópicas muito finas da pele. Segundo a dermatologista Jessica Krant: “se sangrar, pode ser que você tenha acabado de criar uma cicatriz permanente”.

Ranger os dentes

É muito comum que, em situações de estresse, algumas pessoas apertem ou ranjam seus dentes. Cuidado, este hábito pode ocasionar danos nos dentes e também na mandíbula. O odontologista Justin Philipp enfatiza: “na maioria das vezes, apertar ou ranger os dentes é resultado de uma patologia inclusive psicológica, que pode ocasionar consequências físicas na mandíbula”.

Lamber ou morder os lábios

Lamber os lábios excessivamente, além de favorecer o desenvolvimento de fibromas, expõe as enzimas digestivas da boca, e de acordo com o dermatologista Whitney Bowe: “estas enzimas podem causar dermatite e inflamação, que fazem os lábios parecerem secos e rachados”.

Morder na zona interior da bochecha

Tal como morder as unhas, fazê-lo com o interior da bochecha traz consequências negativas para a saúde. O médico Joseph Ringer destaca: “frequentemente a parte interior da bochecha se incha e fica mais fácil de continuar mordendo no mesmo lugar”.

Mascar chiclete

Além de arriscar a saúde dos dentes e do sistema bucal, mascar chiclete de maneira frenética pode ocasionar doenças digestivas e até consequências físicas notáveis. Segundo o odontologista Justin Phillipp: “mascar chiclete constantemente pode gerar lesões na mandíbula, cuja correção em algumas situações deverá ser mediante cirurgia plástica”.

Comer caramelos duros

Os dentes e o açúcar jamais se deram bem. O açúcar produz cáries e ainda debilita todo o sistema dental. Segundo o odontologista Justin Phillipp: “as bactérias se alimentam do açúcar, o que cria um ambiente perfeito para as cáries dentárias”.

Morder as pontas dos lápis e canetas

Provavelmente este é um dos hábitos mais frequentes. O principal problema neste sentido é a recorrência dos germes que se escondem nos extremos das canetas. De acordo com Phillipp: “se alguém morde esses elementos, as bactérias entram no nosso corpo pela boca e desencadeiam doenças digestivas e dermatológicas”.


É importante deixar claro que TODA a informação contida no Perfeito Guru tem um fim exclusivamente INFORMATIVO, e que em nenhum momento deve ser considerada como assessoria, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Nunca deixe de procurar um médico, nem demore em buscar assistência médica por algo que tenha lido neste site.