Seis erros econômicos que não te deixam alcançar a estabilidade financeira tão desejada

Inspiração

August 11, 2017 11:20 By Fabiosa

A maioria de nós tem muita dificuldade para poupar dinheiro. Estamos cheios de gastos e, assim que os pagamos, esperamos chegar a próxima conta. No entanto, ao que parece não é tão complicado ser rico. Não precisamos ter uma ideia revolucionária para iniciar uma companhia super bem-sucedida. Trata-se simplesmente de eliminar alguns costumes que nos impedem de chegar ao nível financeiro que queremos. Segundo os especialistas, há seis erros financeiros que as pessoas ricas não cometem e vamos te revelar agora:

1. Se negar a enfrentar a realidade

Por mais que você tente fugir de si mesmo ou das cobranças que chegam do banco, sua situação econômica não mudará. As pessoas que fizeram uma fortuna se interessavam pela situação da sua conta e investimentos. Ser consciente da realidade te fará tomar melhores decisões com respeito a sua finança.

2. Gastar em excesso

Quando você vê que os ricos gastam em mansões luxuosas ou carros esportivos, na realidade é porque contam com dinheiro. Eles não estão explodindo o limite do cartão de crédito. Você deve ser consciente de quanto tem para cada semana e tentar gastar o necessário em itens de primeira necessidade. Por exemplo, uma semana você poderia pular as compras e preparar refeições com o que você já tem. Tudo é questão de controle mental.

3. Não ajustar suas finanças depois de uma grande mudança de vida

Depois de se casar, ter um filho ou até perder um ser querido, sua situação financeira muda drasticamente. É claro, nesse momento é a última coisa que te preocupa, mas se você adiar a preocupação com as suas finanças, a longo prazo sofrerá um desequilíbrio. As pessoas bem-sucedidas sabem que cada mudança implica dinheiro e tenta prever este tipo de gastos.

4. Gastar em interesses ou comissões

Se dar ao luxo de vez em quando, como comer em um restaurante elegante ou comprar os sapatos que tanto queria, é aceitável, já que é algo que você gosta. Mas gastar em comissões ou interesses por pagamentos atrasados é um dinheiro que você está praticamente jogando no lixo. As pessoas endinheiradas protegem suas finanças e sabem exatamente o que pagam. Dificilmente você verá alguém rico que atrase os pagamentos, já que bem assim é como chegaram a uma situação econômica sólida.

5. Se preocupar em economizar, mas não em ganhar mais

Os ricos sabem que não devem depender de uma única fonte de renda. Está correto se preocupar em economizar ou reduzir seus gastos, mas sua economia será muito maior se você procurar uma fonte de renda alternativa ou um aumento de salário. É questão de descobrir suas habilidades e aprender a aproveitá-las para encontrar a maneira de cobrar por elas.

6. Se preocupar tanto com o preço até se esquecer da qualidade

Às vezes, ficamos tão obcecados a não gastar que a longo prazo saímos perdendo. O exemplo clássico é comprar uns sapatos ou um casaco econômicos, mas de baixa qualidade. Se nos preocuparmos um pouco mais com a qualidade, compraremos uma roupa que irá durar muito tempo. Em troca, por mais barato que seja, se depois de um mês ela rasga ou desgasta, gastaremos mais dinheiro, só que em pequenas quantidade. As pessoas ricas recomendam buscar aquelas que sejam mais caras mas com qualidade, independentemente do preço.

O mais importante é conseguir um equilíbrio e não converter suas finanças em um pesar, mas buscar aquilo que te faz feliz e satisfeito com sua pessoa