Se as coisas não estão indo bem com os filhos, os pais devem evitar estes cinco erros

Inspiração

September 28, 2017 11:59 By Fabiosa

Alguma vez você escutou essa voz na sua cabeça te dizendo que você não é um bom pai? Que é muito exigente ou muito bonzinho, que se intromete muito ou quase nada, que trabalha muito ou que compra muito, que não escolheu bem suas escolas...Todos temos esses e outros pensamentos quando somos pais.

Então não se desespere, na sequência te diremos as coisas que realmente podemos fazer errado como pais baseadas em estudos recentes sobre estilos de paternidade. Mas, antes...respire profundamente.

KonstantinChristian / Shutterstock.com

Os pais que não se envolvem

“Tarefa? Não vê que estou no telefone?”. Talvez você ache que com esta atitude fará seus filhos mais independentes, mas estudos confirmaram que isso os faz se sentir rejeitados e pode ser a causa de baixa competitividade acadêmica ou de uma deficiente vida social.

Marcos Mesa Sam / Shutterstock.com

Os pais autoritários

Talvez você seja do tipo de pai e mãe que grita e castiga. Claro, com certeza você sempre pensa que tem um bom motivo para reagir dessa maneira, já que deve mostrar aos seus filhos quando algo não está bem, mas isso faz as crianças infelizes, inseguras e pouco amigáveis.

DimitriMa / Shutterstock.com

Os pais permissivos

Você sempre está disponível para os seus filhos, mas o que você dá é tanto que nunca ensina sobre disciplina. Se deixar passar atitudes negativas das crianças, elas vão abusar de você e podem sair do controle. As crianças que não são educadas com certa disciplina, respeito e ordem, também são propensas a cair em problemas de vício.

VGstockstudio / Shutterstock.com

Os pais “helicóptero”

Estes pais exageram quanto a “ser pais envolvidos na vida dos seus filhos”. Se você descobriu algo lendo seus diários ou celular, colocando GPS para saber onde estão o tempo todo, sendo super meticuloso no tema da alimentação, então é um pai ou mãe helicóptero.

Ljupco Smokowsky / Shutterstock.com

Os pais “tigre”

Os filhos de pais “tigre” não podem jogar jogos de videogame ou computador, nem podem ir à festa do pijama, em resumo, não podem fazer nada que pareça uma perda de tempo. Em vez disso, devem estudar horas intermináveis e ainda assistir alguma atividade artística. Está comprovado que estes filhos não vão ter desempenho melhor que outros.

Lucky Buisiness / Shutterstock.com

Definitivamente, nos culpar pelas coisas que não vão bem com os filhos não vai nos levar a nada. A resposta está no equilíbrio. Devemos ser amorosos com os nossos filhos, responsivos e nos envolver nas suas vidas, mas respeitando sua independência e sua individualidade. É necessário mostrá-los disciplina e que tudo o que fazem tem uma consequência, mas devemos deixá-los ser autônomos. Devemos saber nos comunicar com eles sem ser chatos. Não é um trabalho fácil, mas o segredo é ser positivo e polir o que falta polir sem ser tão duros com nós mesmos...ou com os nossos filhos.

Fonte: Psychologies