5 sintomas de leucemia que não devem ser ignorados

A leucemia é uma doença que pode aparecer em qualquer momento da vida. Entretanto costuma ser mais comum entre os 50 e 70 anos de idade. Ela é um tipo de cancer que compromete a produção de glóbulos vermelhos e plaquetas, já que a medula óssea, principal produtos dessas células é afetada pela proliferação de células cancerígenas.

A doença pode ser manifestar de várias maneiras, devemos ficar atentos à sintomas diferentes que variam de pessoa para pessoa. A única certeza é que se a doença não é descoberta a tempo e tratada corretamente, pode levar à morte, já que os glóbulos vermelhos são reduzidos drasticamente e são essenciais para sustentar e oxigenar todo o corpo humano.

Os sintomas abaixo não devem ser ignorados quando aparecerem, sendo necessário procurar um médico imediatamente.

5 sintomas de leucemia que não devem ser ignorados

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Pai alemão ganha mais de 3 mil horas de férias doadas por seus colegas de trabalho para poder cuidar do filho com leucemia

1. Palidez fora no comum

Quando a leucemia está em curso, ela impede a produção adequada de glóbulos vermelhos, portanto favorece a aparição de um quadro de anemia que pode levar a uma palidez inusual na pele de todo o corpo.

2. Cansaço constante

Assim como a maioria das doenças graves, a leucemia causa uma queda notável na energia do corpo. Se sentir extremamente cansado sem que haja um motivo aparente, é um alerta típico.

3. Infecções repetidas ou febre

É totalmente normal ficar doente de vez em quando, mas a leucemia causa um aumento considerável nas infecções e febres, já que o sistema imunológico fica debilitado. É importante notar qualquer aumento na frequência de gripes, febres e infecções de qualquer tipo.

4. Dificuldade para respirar

Se durante uma atividade física aparece uma maior dificuldade para respirar do que antes e fica difícil recuperar o fôlego, é necessário ir ao médico para fazer todos os exames necessários.

5. Demorar para se curar

A leucemia pode fazer com que pequenos cortes ou feridas demorem mais do que o normal para cicatrizar e também favorece o aparecimento de hematomas pela pele, alguns até com pontinhos vermelhos.

Caso você note algum sintoma, não se assuste, mas procure um médico o quanto antes. O diagnóstico será feito mediante exames de sangue, onde o médico poderá ver os valores reais de plaquetas e glóbulos vermelhos. Se o resultado for preocupante, o médico costuma fazer um encaminhamento para um hematologista a fim de que se faça um diagnóstico mais preciso.

Mesmo a leucemia sendo uma doença difícil de afrontar, a medicina está cada vez mais avançada e muitas pessoas conseguem se curar. O importante é que nos cuidemos sempre!

É importante esclarecer que toda a informação contida no portal Fabiosa têm apenas caráter informativo e jamais deve ser considerada como assessoria, diagnóstico ou tratamento médico. Nunca deixe de consultar um médico, nem ignore suas recomendações por algo que você leia nesta página.

Fonte: Prevention

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Pai de um menino com leucemia que estava prestes a ser deportado recebeu abrigo da igreja


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.