Cinco conselhos para dizer aos filhos que seus pais se divorciarão

INSPIRAÇÃO

Cinco conselhos para dizer aos filhos que seus pais se divorciarão

Date October 19, 2017 16:39

Talvez seja um dos momentos mais difíceis que um pai passa com seus filhos. A verdade é que não existe maneira de evitar a dor nas crianças, mas existem formas mais adequadas e humanas de comunicar a notícia, assim como viver os dias, meses e anos seguintes.

Especialistas em psicologia nos ajudam a atravessar por este momento difícil:

Escolha o momento preciso

Espere estar 100% seguro da situação para contar aos seus filhos. Dizer-lhes que “estão pensando em se divorciar” só os confundirá mais.

Apesar de nunca haver um “bom” momento para tocar no tema, há ruins: dias de aula, bem antes de ir trabalhar, antes de levar os filhos a alguma aula ou justamente antes de se deitar. Ao escutar a notícia, ele se sentirá sozinho e precisará de você ao seu lado, faça isso em um momento em que você possa estar com ele mesmo depois de falar sobre isso, ele precisará do seu apoio.

Falem juntos

Isto é importante, para não criar lado ou dizer histórias diferentes. Também é importante dizer para toda a família junta. Ainda que você não possa ver seu futuro ex-marido nem pintado de ouro, façam uma tentativa e se reúnam para falar com as crianças.

De acordo com Paul Coleman, psicólogo e autor de “Como dizer aos seus filhos”, há uma razão mais importante, também: ajuda a preservar o senso de confiança do seu filho em ambos pais.

Quanto mais simples, melhor

Fale em termos que seu filho entenda, limitando a explicação inicial a não mais de poucas palavras-chave. Você poderia começar com “Mamãe e papai pensaram muito”, depois explique, por exemplo, que a mamãe vai conseguir um apartamento novo. Trate de saber quais serão os dias e horas de visita antes de ter a conversa para que você possa compartilhar esses detalhes. Seu filho se alegrará em saber que continuará vendo ambos pais e que há um plano.

Se seu filho foi testemunha de brigas e maus momentos, deixe claro que a separação será pelo bem da família.

Enfatize que não é culpa sua

Isto é muito importante. As crianças costumam se culpar pela separação, mesmo que não te digam.

Diga que o divórcio é uma decisão de adultos e que não tem nada a ver com isso. Isolina Ricci, uma psicoterapeuta que escreveu “A casa da mamãe, a casa do pai para crianças” nos dá este exemplo de como dizer isso: “Às vezes estas coisas acontecem com as mães e os pais. Realmente sentimos o ocorrido, mas não é algo que você fez”.

Responsa todas suas perguntas

Inclua perguntas básicas como: O que é o divórcio? A partir dos seis anos as crianças começam a ter mais consciência sobre conceitos como este, assim como seus sentimentos. Se for pequena, você provavelmente terá que explicar de outro modo mais simples como: “O divórcio significa que a mamãe e o papai não viverão mais juntos, mas sempre seremos seus pais e sempre te amaremos”.

Levará um tempo para que seus filhos processem a situação e seus sentimentos. Você deve esperar mais muitas conversas desse tipo, e sempre responda com a maior atenção e amor.

A maioria dos pais temem o que acontecerá com os filhos quando houver um divórcio. Eles desejam proteger seus filhos da dor, mas é algo que naturalmente acontecerá. Cabe a nós ajudá-los a lidar com esta dor e estar ao seu lado, amando-os!

É importante deixar claro que toda informação contida no Fabiosa tem um fim exclusivamente informativo, e que em nenhum momento deve ser considerada como assessoria, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Nunca deixe de procurar um médico, nem demore para buscar assistência médica por algo que tenha lido neste site.