Um professor doou mais de 710 casas para cães e gatos que s

INSPIRAÇÃO

Um professor doou mais de 710 casas para cães e gatos que seus próprios alunos constroem na sala de aula

Date November 8, 2017 20:13

Os alunos do professor Stewart estão aprendendo um valioso ofício e uma lição ainda mais importante: eles constroem centenas de casas para cães e abrigos para gatos que depois doam a centros de resgate e família necessitadas.

Tudo começou em 2002 quando Barry Stewart, um apaixonado pelos animais e professor na Englewood High School em Jacksonville, Flórida, ficou sabendo do programa “Casas para cães” do Forsyth County Animal Control. O programa trabalha com grupos de bem-estar animal para dar casas de cães grátis a moradores de baixa renda.

Stewart se deu conta de que as casas de cães eram, basicamente, versões em miniatura de casas para humanos e que sua construção ensinaria aos seus alunos uma habilidade valiosa.

Além disso, através do processo, seus alunos também aprenderam habilidades relevantes para a resolução de problemas. Depois de construir seu primeiro grupo de casinhas para cães e abrigos para gatos, eles descobriram formas de aprimorar e converter as casas em abrigos mais eficientes e melhores para os animais, inclusive alternando as entradas do centro para um lado, para que o cão pudesse estar mais protegido dos ventos e da chuva que sopra; adicionar barreiras de cinco centímetros no chão para evitar que os cães arrastassem sua cama para fora; e tetos inclinados com telhas em camadas que mantêm melhor o calor durante os invernos frios.

Também equiparam casas de gatos de rua com telhados removíveis para ajudar os cuidadores na hora de limpar as casas e procurar gatinhos bebês.

Desde que o projeto começou, Stewart e seus estudantes construíram e doaram mais de 600 casas para cães e 110 abrigos para gatos de rua, todos que foram levados a centros de resgate, abrigos e famílias necessitadas.

“Todos os anos sempre há alguns estudantes na sala que são apaixonados pelos bichos de estimação e colocam um pouco de esforço extra nisso. Eles querem que tudo se encaixe perfeitamente, então gastam muito tempo e se preocupam com o que estão fazendo”, disse Stewart, que tem dois bichinhos próprios: um Yorkshire terrier de 14 anos chamado Rascal, e Zena, um gato de pelo longo, que praticamente “é o dono e senhor da casa”.

O que você achou da iniciativa deste professor e seus estudantes? Você acha que seria uma boa ideia para as escolas da sua comunidade? Conte-nos nos comentários e não deixe de compartilhar o artigo com familiares e amigos!