Como escolher o colchão perfeito de acordo com a posição de dormir, o peso e outros fatores importantes

Inspiração

Uma boa noite de sono é muito mais que dormir as oito horas diárias recomendadas: isso implica ter as condições propícias no quarto e cama para que nosso corpo possa descansar e se recuperar completamente. Um destes fatores é sem dúvidas o colchão, pois sua composição e design afetam diretamente nossa postura.

Mas por que é tão importante manter uma boa postura durante o sono? Passamos muitas horas deitados sobre o colchão e, se este não oferece um suporte adequado para o nosso corpo, podem surgir contraturas, despertares constantes durante a noite, fadiga e dores, ou seja, um descanso pobre.

Os tipos mais comuns de colchões são:

Colchões viscoelásticos

A espuma viscoelástica é termossensível e muito adaptável, reage afundando mais ao receber calor (o calor do corpo) e endurece com o frio. Por este motivo, é o tipo de colchão mais adaptável, pois nenhuma parte do corpo fica sem suporte.

Colchões de molas

São os mais comuns e oferecem o alto grau de firmeza tradicional que combina com a flexibilidade do bloco de molas. Têm boa elasticidade, são de fácil respiração e costumam ser uma opção muito higiênica. Eles mantêm a temperatura do corpo.

Colchões de látex

O látex é fabricado a partir da resina da árvore da borracha, chamada Hevea brasiliensis, por isso é a opção mais ecológica do mercado. Costumam existir cinco ou mais áreas de firmeza ao longo do colchão que permitem uma correta adaptação ao corpo. São mais duradouros que outros tipos de colchões.

Colchões de espuma

São compostos por um material denominado poliuretano ou poliéster. Oferecem um descanso firme e ergonômico, que varia segundo o tipo de espuma. Sua firmeza e alta resistência ao afundamento os tornam recomendados para pessoas com sobrepeso ou com problemas de coluna.

Como escolher o colchão perfeito?

Existem alguns aspectos para levar em conta antes de nos decidir por um modelo em específico. Eles são a condição física, a idade, o peso, a altura, a posição preferida para dormir e inclusive a sensibilidade da pele e a elasticidade óssea.

Existem alguns aspectos-chave que você deve levar em conta antes de comprar um colchão novo:

  • O colchão deve ser 10 cm mais comprido que a pessoa mais alta que dormirá nele. Portanto, um tamanho king é o mínimo para alguém de 1,80 metros ou mais. Se você divide uma cama, ela também deve ser o suficientemente ampla para permitir que seu ou sua parceira fique ao seu lado, com as mãos atrás da cabeça e sem tocar os cotovelos;
  • Para verificar se um colchão te sustenta adequadamente, deite-se e deslize uma mão embaixo da parte baixa das suas costas. Se sua mão se ajustas facilmente, ele é muito duro; se der mais trabalho, ele é muito mole;

  • Os colchões de mola e de mola ensacada são acolchoados com enchimentos que incluem algodão, lã de cordeiro e mohair, o que pode ser problemático para as pessoas com alergia. As opções de luxo, como a caxemira e a seda, significam que o produto final será mais caro, mas também é menos provável que causem problemas.
  • O colchão precisa ser virado? Muitos colchões modernos não precisam, o que é ideal porque eles podem ser extremamente pesados. Se ele precisar ser virado, será necessário que seu colchão tenha alças resistentes de ambos os lados.

A firmeza do colchão

A firmeza do seu colchão afetará diretamente sua qualidade do sono. O tipo de firmeza que você precisa dependerá da sua posição para dormir, altura e peso. Aqui explicamos qual nível de firmeza é o melhor para cada tipo de dorminhoco:

Suave

Os colchões macios são os mais adequados para pessoas que dormem em uma postura lateral ou que mudam de posição durante a noite. Isso porque a forma na qual você dorme já alivia a pressão da sua coluna vertebral, então você deseja que seu colchão se molde à posição natural do seu corpo.

Meio suave

É ideal para aqueles que mudam frequentemente sua posição de dormir, já que ainda se moldará à posição do seu corpo, mas proporcionará um pouco mais de apoio.

Meio firme

É a melhor opção para as pessoas que dormem de costas, já que elas precisam de um suporte para a parte de baixo das costas, oferecido por este tipo de firmeza.

Firme

É o ideal para quem dorme de barriga para cima, tem sobrepeso ou sofre de dor nas costas. Isso porque ele manterá as costas em uma posição relativamente confortável e estável sem permitir que a pessoa afunde enquanto dorme, o que pode causar dor na parte inferior das costas.

Passamos em média 16 anos da nossa vida dormindo e, ao fazê-lo sobre um colchão, definitivamente vale a pena encontrar um modelo que se adapte às nossas necessidades, pois do contrário podem surgir problemas de saúde.

Fontes: El mundo, Independient, Ideal Home


Este material é destinado apenas a fins informativos. Alguns dos produtos e itens discutidos neste artigo podem causar reações alérgicas ou danos à saúde. Antes de fazer uso deles, consulte um especialista devidamente habilitado. Os editores não são responsáveis por quaisquer consequências que possam ser causadas pelo uso dos métodos, produtos ou itens descritos neste artigo.