A mãe dela é cega, mas ela fez um presente que a mãe pôd

ANIMAIS

A mãe dela é cega, mas ela fez um presente que a mãe pôde "ver" com seus dedos e coração

Date March 6, 2018 05:32

Não poder ver é uma grande frustração para muitas pessoas, para falar o mínimo. Certamente, não poder observar as coisas, lugares e momentos lindos da nossa vida é triste, mas sempre há outras formas de viver uma vida plena e curtir as maravilhas do nosso mundo. Esse é o caso da história que queremos contar hoje.

Mandarr / Imgur

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Ao perceber que sua filha estava ficando cega, este pai inventou um método para ensinar braille a ela

Trata-se de uma menina cuja mãe nasceu cega. Ainda que sua mãe tivesse uma vida feita e cuidasse de si mesma, esta menina achou que seria importante dar a ela um presente como os que talvez ela recebia no seu aniversário ou por alguma comemoração.

Aí foi justamente quando chegou o desafio: sua mãe nunca poderia entender o que diziam os cartões de presente, pois eles nunca são feitos em Braille – sistema de escrita e leitura para pessoas que não podem ver.

No entanto, ela não se conformou, pois tinha certeza de que sua mãe também merecia este tipo de cartão. Então, ela decidiu começar a fazer um sozinha. Seus resultados foram realmente incríveis!

Mandarr / Imgur

Ela simplesmente aprendeu os princípios do Braille e começou a escrever os cartões em relevo usando todos os tipos de objetos decorativos, como lantejoulas, pedrarias, entre outros.

A menina escrevia no interior dos cartões. Ela se esforçava para conseguir cartolinas resistentes, necessárias para não rasgar a superfície e poder perfurá-las com o estilete. Ela também usava seu molde do alfabeto em Braille, assim conseguiria dar à sua mãe os presentes mais lindos que certamente recebeu.

Mandarr / Imgur

O que achou dessa história? Como você vê, não há nada impossível: perder um dos sentidos ou partes do nosso corpo não significa o fim do mundo. A vida é maravilhosa, e rodeados de boas pessoas tudo pode ser mais bonito.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: O mochileiro cego e surdo que quer dar a volta ao mundo