Esta mãe não tinha dinheiro para comprar uma casa de bonec

CELEBRIDADES

Esta mãe não tinha dinheiro para comprar uma casa de bonecas, mas tinha amor e criatividade de sobra

Date 11 de abril de 2018

No famoso filme passado na Segunda Guerra Mundial "A Vida é Bela", um pai judeu usa sua criatividade para fazer com que circunstâncias terríveis se tornem uma brincadeira para seu filho pequeno. Algo menos dramático, mas bastante parecido é o que fez esta mãe para surpreender a filha, apesar da falta de dinheiro.

Todos sabemos que o que uma mãe mais deseja nessa vida é ver os filhos felizes, e toda criança necessita brincar para se desenvolver adequadamente. Esta mãe não tinha recursos econômicos para comprar brinquedos para a filha, que ficava muito triste por isso, além de ouvir comentários maldosos dos colegas por esta razão.

Mas esta incrível mãe está dando a volta ao mundo pelas redes sociais, pois seu amor e criatividade puderam superar as barreiras econômicas. No final das contas, um brinquedo caro nem sempre é o mais divertido, e esta mulher deixou isso bem claro.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Mãe inventa dica genial para dar medicamentos para bebês, e outras mães estão adotando o truque agora

Com muita habilidade e utilizando materiais reciclados, como caixas de papelão e tintas usadas, ela conseguiu construir com suas próprias mãos e muita paciência uma bela casa de bonecas de tamanho real, com toda a riqueza de detalhes para fazer sua pequena menina feliz.

Apesar de seus poucos recursos, esta mulher teve muita criatividade, o que nos faz refletir que a quantidade de dinheiro que se tenha para criar os filhos não é o mais importante, mas sim a disposição em educá-los e fazê-los felizes.

Agora essa menina não ouve mais comentários engraçadinhos dos colegas, mas sim recebe muitas visitas dos amigos que querem brincar com ela, tudo isso graças ao amor de uma mãe.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Mãe transforma seu luto em luta! Após perder seu filho por um acidente, mãe e tia conseguem projeto de lei para garantir primeiros socorros nas escolas