Menina chega em casa com as mãos feridas depois de apanhar

Menina chega em casa com as mãos feridas depois de apanhar da professora

Família & Crianças

August 1, 2018 16:53 By Fabiosa

Os pais de vários jovens de uma cidade no Texas, nos Estados Unidos, estão muito impressionados com o fato de seus filhos adolescentes terem sido punidos pelas ações de um outro estudante. A punição recebida pelos alunos provocou feridas infectadas, bolhas e contusões nas mãos dos jovens. Uma das mães foi Nancy González, que detectou as marcas nas mãos de sua filha, Michelle, de 11 anos, após ela voltar da escola.

kxan / YouTube

Quando Nancy perguntou a Michelle como ela tinha se machucado, ficou totalmente chocada com a resposta que sua filha lhe deu. À medida que as notícias se espalharam entre os pais dos alunos do sexto ano da Escola Florence, no Texas, mais crianças se atreveram a mostrar suas mãos aos responsáveis.

kxan / YouTube

Foi assim que se descobriu que duas professoras de Educação Física haviam forçado as crianças de sua classe a fazer um movimento bastante complexo. Isso quer dizer que elas tiveram que se mover de um lado para o outro engatinhando sobre os quatro membros, mas sem os joelhos tocarem o chão e sem fazer pausas, sempre dandos passos firmes.

 

Embora se saiba que esta é uma técnica que os atletas aplicam para desenvolver força, agilidade e velocidade, os alunos foram obrigados a realizar essa atividade em uma pista de asfalto. Eles também tiveram que fazer isso por tanto tempo que o exercício feriu suas mãos.

kxan / YouTube

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Saiba qual é a maior causa de morte de mulheres no mundo e descubra como você pode ajudar a acabar com isso

Enquanto os estudantes rastejavam como ursos, as professoras disseram a eles que "isso lhes mostraria respeito". O chefe de polícia de Florence, Texas, Adam Marsh, disse que os serviços de investigação de crimes contra menores também foram notificados sobre o caso para que pudessem apurar os fatos.

kxan / YouTube

Vários pais afirmaram que entendiam que as professoras queriam ensinar disciplina a um dos alunos, cujo comportamento deixaram muito a desejar no dia anterior. No entanto, eles não conseguiam entender por que todos os outros estudantes foram penalizados, muito menos por que levar a cabo a punição em um terreno tão quente e áspero quanto o asfalto.

kxan / YouTube

Da mesma forma, um noticiário local informou que o secretário de Educação de Florence, Paul Michalewicz, declarou publicamente que os funcionários da escola estavam "extremamente preocupados" com o incidente e iriam abrir uma investigação contra as educadoras.

kxan / YouTube

De sua parte, Nancy decidiu deixar sua filha em casa no dia seguinte ao acidente, porque a jovem estava com medo de ter que enfrentar as professoras substitutas novamente. Mais tarde, soube-se que a administração da escola havia decidido dispensá-las.

Kiselev Andrey Valerevich / Shutterstock.com

Não há dúvida de que o tema da educação dos jovens é realmente delicado, porque precisamos saber em que ponto as fronteiras entre repreensão e abuso estão sendo ultrapassadas. Embora seja verdade que os adolescentes não possam fazer tudo o que querem, corrigi-los por meio da violência também não é a escolha correta. O que você acha disso? Você permitiria que os professores punissem seu filho dessa maneira?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Agora é comprovado: crianças que apanham podem sofrer cerca de 13 tipos de transtornos