Você decidiu perdoar uma infidelidade do seu parceiro? Estas são as coisas que você deve saber

Família & Crianças

June 8, 2018 14:42 By Fabiosa

A infidelidade é uma das piores ameaças que perseguem as relações amorosas. Ainda que a maioria das pessoas espere que na sua história de amor nunca ocorra uma traição, às vezes seus desejos não são concedidos. Por isso, quando se é vítima ou o causador, o passo seguinte é os dois decidirem se querem continuar com a relação ou acabar com ela. Se foi você quem traiu seu parceiro, você deve estar consciente de que muitos aspectos da convivência mudarão radicalmente. Se, apesar de saber disso, você estiver disposta a perdoar a infidelidade na sua relação e quiser esquecer e superar esse terrível episódio, deve levar em conta os seguintes fatos:

Ele não foi infiel porque não te ama

Quando nosso parceiro acaba tendo outra pessoa além de nós, pensamos que o amor acabou ou que encontrou em outra pessoa algo que não havia na nossa relação, mas as estatísticas indicam que normalmente não é assim. Muitas pessoas procuram uma relação alternativa porque tiveram a oportunidade ou porque sentiram desejo no momento. Sem dúvidas, essa não é uma justificativa válida, mas em muitos casos a aventura acontece por impulso. De fato, em muitos casos os sentimentos não estão envolvidos; entretando, quando eles existem, é muito mais difícil seguir adiante com a relação.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Tatá Werneck sai em defesa de Bruna Marquezine, por causa da série de atrasos da global

Nada será igual, mas talvez seja melhor

Tudo mudará, isso é um fato; haverá um afastamento e um período de cicatrização em que ambas partes deverão fazer todo o possível para recuperar a confiança que se perdeu. Com certeza haverá reclamações e aborrecimentos, mas deve-se procurar que sejam cada vez menos frequentes, com a finalidade de superar o assunto, e que cada dia a situação melhore. O ideal é conseguir superar os problemas e ter um futuro melhor, no qual possam confiar muito mais um no outro. Lembre-se de que cada experiência desagradável que vivemos nos dá uma lição, e devemos identificar as falhas para melhorá-las.

Talvez nunca mude

Segundo certos estudos, alguém infiel não hesita em se controlar para não voltar a trair; outros, porém, afirmam que a indifelidade é uma tendência que é encontrada nos genes, por isso acaba sendo quase incontrolável. A verdade é que nada garante que exista um arrependimento sincero que impeça a repetição da má conduta. É importante que ele não dê falsas esperanças e acredite que não voltará a fazer isso, pois em alguns casos se trata de um hábito já adotado. Cada caso é um caso; por isso, se você decidiu perdoá-lo, é melhor observar o que acontece no comportamento dele para decidir se valeu a pena a segunda oportunidade ou não.

A lembrança pode te atormentar para sempre

 

Una publicación compartida de Teakisi (@teakisi) el

Se você decidiu voltar com seu parceiro, deve deixar o passado para trás. Não há dúvidas. Se a lembrança persiste na sua memória, não demorará muito para ser exibida a qualquer momento e, sobretudo, em qualquer atrito ou discussão. Ela poderia se tornar sua arma para “ganhar” todas as brigas com seu parceiro, o que, embora você possa não ver claramente, não deixará avançar a relação e acabará tornando a vida de ambos um total pesadelo.

 

Vocês não precisam falar de todo o ocorrido

É fato que talvez você queira saber com detalhes tudo o que aconteceu durante a aventura do seu parceiro, ou talvez não. Em todo caso, o mais aconselhável é que você não saiba exatamente tudo o que ele fez. É possível que isso ajude a saciar sua curiosidade. Mas, na verdade, o melhor é que você deixe isso como um mistério. Mesmo que ele te conte nos mínimos detalhes o que aconteceu, não servirá para nada na relação, só alimentará sua imaginação e até poderia estar te lembrando da situação a cada momento.

A confiança é a base de tudo

Certamente, nesse momento a confiança está bastante afetada pelas ações do seu parceiro; contudo, se você decide seguir continuar com ele, deve esquecer todas as suas inseguranças. Em muitos casos, você sentirá impulsos para saber se ele está te enganando de novo, e isso é totalmente justificável. No entanto, o próximo passo é reconstruir a confiança perdida e recordar que o mais importante é a intenção da outra pessoa, pois se ele quiser te trair de novo, mesmo que você o vigie, nada o impedirá.

Perdoar e esquecer

Não há dúvidas de que é muito difícil virar a página, mas se você quer seguir adiante com seu parceiro, o melhor é esquecer o episódio desagradável, mas esquecer de coração. Se você já decidiu que quer ficar com ele, deve saber que será um caminho doloroso, com muitas dúvidas e inseguranças, mas que pode ter uma grande recompensa no fim. Se você acha que ainda sente rancor ou ódio pelo seu parceiro por causa do que ocorreu, o melhor é que você termine o relacionamento.

Fonte: En Pareja

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Quem fala o que quer...Val Marchiori comentou que cabelo de Ludmilla parecia “um Bombril” e vai pagar caro por isso!


O material deste artigo é destinado apenas a fins informativos e não substitui o conselho de um especialista devidamente habilitado.