Músculos pouco falados que podem ser a causa de suas dores

SAÚDE E ESTILO DE VIDA

Músculos pouco falados que podem ser a causa de suas dores

Date May 16, 2018 19:44

Se você tem uma dor persistente e não percebe de ela onde vem, você deve considerar dores nestes músculos que são mais comuns do que seus nomes complicados.

Dependendo de onde a dor está localizada, estas podem ser as opções:

Nos ombros

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Doença rada de Isis Valverde exige cuidado redobrado em sua gravidez

Uma das dores mais comuns é causada por lesões no supraespinhal, um músculo que faz parte do manguito rotador. Essas lesões geralmente estão relacionadas a atividades com movimentos repetitivos, como aquelas feitas por pianistas, pintores, tenistas, alpinistas e outros atletas.
 

Se algo trava o movimento livre nos ombros, aqui é que a dor começa. Essas dores não devam causar uma preocupação maior porque ocorrem menos frequentemente, já que o ombro é a articulação mais móvel.

Mas você pode diminuir a dor tentando "abrir" as costas para eliminar a pressão da área. Este exercício caseiro vai ajudar:
 

Outra opção é pegar dois objetos com pouco peso ou com peso similar (jarro de água, latas do alimento...) e segurar um em cada lado. Depois leve os seus braços curvados ligeiramente para a frente e levante-os dos lados, sentindo e apertando suas omoplatas.
 

Na parte inferior das costas

Para se livrar de uma dor nas costas genérica, você pode andar pelo menos 2 minutos a cada hora e, assim, levantar-se e alongar o corpo.
 

Mas se as dores persistirem na região lombar, pode ser por dois grupos musculares:
 

  • Se eles são os músculos multífidos, eles são os que aderem ao longo de toda a coluna para estabilizar.


    Para isso, você pode se deitar de bruços e levantar os ombros, como uma posição de cobra incompleta. Faça isso de 20 a 30 vezes e sentirá a mudança.
     
  • Se for o iliopsoas, você sentirá a contração quando estiver sentado, isto é, na parte mais profunda dos quadris.


    Para esta dor, faça os seguintes exercícios: coloque um pé e o joelho oposto no chão e empurre os quadris para a frente. Você sentirá como seus músculos se alongam.
     

No pescoço

As dores de pescoço são comuns e podem ocorrer em diferentes áreas, mas quando você começa o dia como se tivesse dormido em uma posição ruim, geralmente é tensão nos músculos escalenos.
 

O pescoço é sensível pela sua relação com as costas e os ombros, por isso, para evitar a dor, a melhor opção é ter uma boa postura.
 

Se a dor for insuportável, as almofadas térmicas serão de grande alívio, assim como um banho com água quente.
 

Na parte traseira

A dor pode ser do piriforme fraco, músculo da parte inferior das costas até a parte superior da coxa, onde está o nervo ciático.
 

As dores nesta área são geralmente originada por lesões ou inflamação do músculo que causam a pressão do nervo.
 

Também pode ocorrer a conhecida dor ciática, variando desde este nervo até as pernas. Essa dor é muito aguda e sua causa mais comum são os ossos (estreitamentos da coluna ou hérnia de disco), diferente da dor do piriforme, que é um músculo .
 

Se você quiser evitar essa dor insuportável, você pode tentar este exercício:
 

Ou dobre levemente os joelhos e ande de lado devagar, mas muito consciente de cada movimento.
 

No pé

Se a dor estiver no dedão, pode ser o longo do hálux, que é o músculo que passa por esse dedo. Esta dor é mais comum do que parece porque quando há fraqueza no quadril, o corpo força outras partes para manter o equilíbrio. Porém, diferente delas, este dedo acaba sendo vítima dessa pressão.

Se você quiser esquecer essa dor, você não apenas deve trabalhar os pés, mas também os quadris para que você não force os membros inferiores.
 

Experimente agachamentos ou chutes para fortalecer seus quadris; se você os fizer sentada, você também ajudará seus pés. E para os pés, movimentos leves e andar descalço podem ajudar.

Outro caso é a fascite plantar: embora isso não seja um músculo, é outro termo que você pode não saber. Para estas dores no arco e calcanhar do pé, você pode ter que ir ao médico se elas se tornarem persistentes.
 

Se as dores continuarem ou forem muito intensas, é melhor ir ao médico para que você comece o uso de medicamentos e, talvez, uma fisioterapia para que se cure desde a raiz e elimine essa dor que te paralisa.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Benefícios da capsaicina e da pimenta-vermelha para a sua saúde: do alívio da dor à redução do nível de açúcar no sangue


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.