Os exercícios de Kegel: guia rápido do que são, como são realizados e por que são imp

SAÚDE E ESTILO DE VIDA

Os exercícios de Kegel: guia rápido do que são, como são realizados e por que são importantes

Date May 18, 2018 18:26

Os exercícios de Kegel são exercícios simples baseados na contração e relaxamento de um grupo muscular que está entre os mais importantes no corpo humano: os músculos do assoalho pélvico. Esta é a área que está bem no meio dos quadris, isto é, os músculos que sustentam os órgãos reprodutivos, urinários e digestivos.
 

O assoalho pélvico é um conjunto de tecidos que suporta harmoniosamente todos os órgãos nessa área, incluindo o útero, a bexiga, os intestinos e o reto, e é por isso que a fraqueza desses músculos causa a perda da capacidade de controlar a bexiga e também a saída de gás e fezes.
 

Os músculos pélvicos tendem a enfraquecer por causa do parto, excesso de peso ou outras situações. É por isso que os exercícios de Kegel são necessários para mantê-los fortes e evitar acidentes embaraçosos, a começar pela incontinência urinária e fecal.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Testosterona na mulher? Algumas curiosidades sobre esse hormônio e a sua importância para saúde de homens e mulheres

 

Como são feitos?

É simples: para saber quais são os músculos pélvicos, tente urinar e parar o jato enquanto o fluido sai; se você tiver sucesso, já os identificou. Agora, sem urinar, tente fazer a mesma contração com a qual você parou a urina. Essa contração e relaxamento são conhecidas como exercícios de Kegel.
 

O bom desses exercícios é que eles podem ser feitos em qualquer lugar e a qualquer momento sem que ninguém perceba. Mas é aconselhável ficar 10 segundos com o músculo contraído e depois soltá-lo por mais 10 segundos, sempre respirando normalmente. No início, é mais fácil fazer o exercício deitado de costas, no entanto, com a prática, isso pode ser feito a qualquer momento.
 

O ideal é fazê-los 3 vezes ao dia, 10 repetições para cada vez. Evite fazer isso enquanto estiver urinando, pois esse truque serve apenas para identificar os músculos e o reflexo da contração. Interromper a urina pode fazer com que você não a expulse completamente, aumentando os riscos de infecções do trato urinário.
 

Por que eles são importantes?

A incontinência urinária ou digestiva é um problema que costuma ser muito comum em pessoas idosas, principalmente as mulheres. Ele acontece devido à fraqueza do assoalho pélvico. Os exercícios de Kegel podem fortalecer os músculos responsáveis ​​por conter os esfíncteres e, assim, evitar essa incontinência embaraçosa.
 

Os exercícios de Kegel são fáceis e simples, praticamente sem contraindicações. É por isso que realizá-los regularmente, por homens e mulheres, é uma boa prática que melhorará a qualidade de vida em longo prazo. Os resultados podem ser sentidos depois de algumas semanas.
 

Faça deles parte de sua rotina!

Fontes: Mayo Clinic, Healthline, WebMD

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Por que você tem que fazer xixi com tanta frequência? 9 possíveis causas deste sintoma


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.