Tatuagens: elas estão muito na moda, mas e a saúde?

As tatuagens estão ficando cada vez mais na moda: para muitas pessoas, elas são um adorno corporal permanente; para outras, são um símbolo distinto de sua personalidade, expressões de arte, lembranças e muitas outras coisas. Porém, as tatuagens e a saúde têm um relacionamento bastante próximo, como qualquer coisa que fazemos em nossos corpos. O que a ciência diz sobre saúde e tatuagens?
 

 

Una publicación compartida de INKED💉 (@inked) el

A primeira coisa que dizem é que elas são muito dolorosas para serem feitas. Isso não é segredo, certo? Mas outro estudo, um pouco mais detalhado, elucidou a teoria de que as tatuagens poderiam ajudar a fortalecer o sistema imunológico.

 

Una publicación compartida de INKED💉 (@inked) el

O estudo, feito pela Universidade do Alabama, descobriu que o corpo fica "acostumado" às tatuagens após ter feito a primeira e que fazer várias delas traz benefícios para o sistema imunológico. No estudo em questão, participaram 24 mulheres e 5 homens, que extraíam saliva antes e depois da tatuagem para medir os hormônios relacionados ao sistema imunológico.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 5 curiosidades bizarras sobre tatuagens

Para a surpresa dos cientistas, as amostras de saliva das pessoas que haviam sido tatuadas e que já tinham uma tatuagem antes tiveram uma melhor resposta do seu sistema imunológico ao processo de desenhar na pele. Por esse motivo, o estudo sugere que o já conhecido "estresse" das tatuagens pode dar um impulso às defesas do corpo.
 

 

Una publicación compartida de INKED💉 (@inked) el

Mas precisamos esclarecer algo: é necessário fazer muito mais pesquisas para determinar se as tatuagens são positivas para o sistema imunológico. De fato, a pesquisa foi realizada com apenas 29 pessoas e uma amostra maior é necessária para tirar as conclusões. Por outro lado, os efeitos das tatuagens em outras áreas da saúde do corpo não foram estudados muito bem, então, por enquanto, a tatuagem é uma decisão pessoal, no risco ou benefício de cada pessoa.

Fonte: Wanderlust

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Você sabia que nossas células de defesa atacam os pigmentos das tatuagens?


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.