Útero inclinado: uma condição que afeta muitas mulheres e a maioria sofre sem saber

Em algumas mulheres, o útero está inclinado para trás, apontando para a região lombar. Esta condição é conhecida como: útero revertido ou útero inclinado. 

  

via GIPHY

Normalmente, o útero está em pé, no entanto, 20 em cada 100 mulheres têm um útero inclinado, por isso é uma condição bastante comum. 

Africa Studio / Shutterstock

O útero tem uma forma semelhante à da uma pêra e fica localizado na parte inferior da pélvis da mulher. É o lugar onde o feto cresce durante a gravidez. 

  

via GIPHY

Uma mulher pode ter seu útero inclinado por vários motivos tais como: 

Fraqueza nos músculos da pelve 

Após a menopausa ou parto, os ligamentos que suportam o útero podem enfraquecer, como resultado o órgão pode mudar de posição. 

Útero alongado 

Um útero aumentado geralmente se dá devido a uma gravidez ou um tumor, o que pode fazer com que ele também se incline. 

Cicatrizes ou aderências na pelve 

O útero pode ter cicatrizes de condições como endometriose, infecção ou cirurgia. O tecido da cicatriz pode empurrar o órgão reprodutor feminino fazendo com que ele se incline. 

Genética 

Algumas mulheres já nascem com o útero inclinado. 

  

Sintomas 

Emily frost / Shutterstock.com

Alguns dos sintomas típicos que as mulheres com útero inclinado têm são: 

  

  • Dor durante o sexo; 
  • Dores menstruais e cólicas intensas; 
  • Lombalgia durante a relação sexual; 
  • Incontinência urinária; 
  • Infecções recorrentes do trato urinário; 
  • Desconforto ao usar tampões. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: A milenar técnica de vaporização do útero e os benefícios para a saúde física e emocional

AndreyPopov / Depositphotos.com

 

Como é o diagnóstico? 

Um útero inclinado pode ser facilmente detectado durante um exame pélvico de rotina. O médico inserirá dois dedos na vagina para sentir e empurrar suavemente o colo do útero. 

Então, com a outra mão, o médico sentirá o abdômen e empurrará suavemente para perceber o útero entre suas duas mãos. Esta técnica permitirá ao médico sentir o útero para determinar a forma, tamanho, posição e perceber se há algum crescimento anormal. 

As mulheres que sentem dor durante a relação sexual ou outros sintomas devem consultar o seu médico, que pode indicar outra condição mais grave e só ele será capaz de fazer um diagnóstico preciso. 

Tratamento 

 

Olena Yakobchuk / Shutterstock.com

Existem algumas opções para tratar essa condição e corrigi-la. 

São usados principalmente quando os sintomas são graves e interferem na vida ou na capacidade de engravidar. 

Pessário vaginal

O pessário é um dispositivo que é colocado na vagina. Ajuda a apoiar as paredes vaginais, o útero e outras estruturas pélvicas, ajudando a reposicionar o órgão. Um pessário só ajuda a consertar essa condição temporariamente, já que quando ela é removida, retornará à sua posição original.   

Cirurgia 

Para algumas mulheres, a cirurgia pode reorganizar o útero. Para aqueles que sofrem de dor enquanto fazem sexo, esta é a melhor opção.   

Exercícios

Trazer as pernas para o peito em várias repetições e repetir diariamente, pode ajudar a mover o útero temporariamente para uma posição mais confortável. 

ALPA PROD / Shutterstock.com

A perspectiva para alguém com um útero inclinado é boa, embora possa causar desconforto, mas chegar a ter sérios problemas por isso é improvável, no entanto, é muito importante que todas as mulheres falem com seus médicos sobre as estranhas dores ou sensações que elas experimentam e que possa trazer suspeitas que sofrem de um útero inclinado. 

Ouça seu corpo e fique saudável. É o melhor presente que podemos nos dar. 

Shutterstock.com

Este artigo é puramente para fins informativos. Não se auto-medique e sempre consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada no artigo. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não é responsável por quaisquer danos que possam surgir do uso das informações indicadas no artigo.

Fonte: Medicalnewstoday

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Ritual das mulheres para bênção do útero ganha cada vez mais praticantes

 

Recomendamos