Homem perde braços e pernas por causa de uma simples lambida de seu próprio cachorro

Greg Manteufel, um homem de 48 anos, acordou uma manhã se sentindo mal, com muita febre e vômito. Como esperado, ele imaginou que era uma simples gripe, mas pediu a sua esposa para levá-lo ao hospital, temendo alguma complicação.

Enquanto eles os médicos o examinavam,  notaram hematomas estranhos em suas pernas. Logo, eles tiveram que lhe dar a má notícia: ele tinha sido infectado por uma bactéria chamada Capnocytophaga canimorsus.

Ainda que a reação dos médicos tivesse sido rápida e eficiente, infelizmente a infecção se espalhou pela corrente sanguínea e causou septicemia, matando todos os tecidos dos membros de Greg. Embora eles tenham tentado reverter o efeito das bactérias com antibióticos, após a primeira semana no hospital, o homem perdeu os pés.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: “Lambeijos” fazem mal? Descubra se as lambidas do seu cachorro ou gato podem causar algum problema

Os médicos lhe explicaram que esse patógeno é encontrado na saliva dos cães e pode aparecer até duas semanas após a lambida. Greg manifestou os sintomas dois dias depois de acariciar seu cachorro. Eles também tiveram que amputar suas pernas, mãos, parte de seus braços e atualmente estão considerando a cirurgia para reconstruir seu nariz, outra parte do corpo que ele também perdeu.

Especialistas alertam que este tipo de infecção é mais provável de se complicar em pessoas com mais de 40 anos, porque o sistema imunológico se deteriora ao longo dos anos. Quanto a Greg, as pessoas em todo o mundo responderam doando dinheiro para seu tratamento, e sua esposa o apóia em todos os momentos de sua recuperação.

Fonte: Milenio

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Raiva humana: aumentam os casos em estados brasileiros. Conheça as causas, sintomas e tratamentos

Recomendamos