Hiper-realismo com uma abordagem moderna: alguns artistas criam pinturas que se parecem co

INSPIRAÇÃO

Hiper-realismo com uma abordagem moderna: alguns artistas criam pinturas que se parecem com fotografias!

Date December 11, 2017 13:58

O que você sabe sobre arte?

É uma pergunta difícil, uma vez que múltiplas respostas são possíveis. Uma das poucas verdades com a qual todos nós concordamos é que a arte é uma questão de opinião. Aquilo que é belo para uma pessoa pode ser feio para outra, e assim sucessivamente.

Muitas pessoas estudaram muito sobre o assunto ou apenas leram sobre diferentes tendências artísticas o suficiente para falar sobre o tema com segurança. Elas sabem, por exemplo, sobre as telas surrealistas de Dalí, sobre o cubismo de Picasso ou a arte renascentista de Da Vinci. Já outras pessoas preferem discutir técnicas usadas para esboçar, pintar ou criar uma escultura.

Por fim, há aquelas pessoas que apreciam arte sem saber nada sobre o assunto: elas simplesmente observam uma verdadeira obra de arte, porém não possuem qualquer informação sobre como o artista foi capaz de criar tal peça. Abaixo, você verá alguns exemplos de artistas que criaram pinturas maravilhosas com poucos recursos, muito tempo e muita paciência.

Diego Koi é um artista hiper-realista nascido em Lamezia Terme que utiliza lápis e carvão para criar imagens que se parecem com fotografias. Ele trabalha com técnicas orientais inspiradas no capakoi, que envolve usar o lápis sobre papel pintado. Suas obras se parecem exatamente com fotografias.

Omar Ortiz é outro entusiasta do hiper-realismo. Ele utiliza técnicas de pintura a óleo e, em seu trabalho, o corpo humano é o principal protagonista. Portanto, ao apreciar seu trabalho, podemos ver o corpo humano retratado quase que com perfeição absoluta!

Quando se trata do quão realista uma pintura pode ser, no papel ou na tela, o artista Gregory Thielker nos mostra que é possível retratar a realidade em um quadro. O artista americano também usa tinta a óleo e pinta janelas de carros cobertas por água durante a chuva.  Seu trabalho é realmente impressionante!

Robin Eley nasceu em Londres. Ele nos mostra outro lado do hiper-realismo, no qual podemos observar um material muito discutido atualmente, em uma tentativa de chamar atenção para um problema moderno: a poluição causada pelo plástico. A verdadeira intenção do artista é, sobretudo, mostrar a beleza e, ao mesmo tempo, a obsessão com a perfeição.

Finalmente, vamos conhecer o trabalho de Vincent Fantauzzo. Nascido na Inglaterra, sua arte tem como foco principal pessoas que sofreram demais durante a vida, pessoas pobres cuja fisionomia revela sua tristeza e preocupação.

E aí? Qual é sua opinião sobre essas pinturas?

Fonte: Curioctopus