Causas e sintomas da meningite

Saúde e Estilo de Vida

September 28, 2017 12:12 By Fabiosa

A meningite é uma inflamação das meninges (membranas que juntam o cérebro e a medula espinhal). A meningite é mais frequentemente causada por infecções virais e é menos comumente através de bactérias, fungos, parasitas ou certos tratamentos (por exemplo, alguns tipos de tratamentos de câncer).

A meningite é uma condição que ameaça a vida e requer atenção médica imediata. Se não for tratada de forma oportuna, pode levar a danos cerebrais e até a morte.

Demora várias horas ou alguns dias para que os sintomas se desenvolvam. Eles podem se parecer com uma gripe no começo. Os sintomas em adultos e crianças de 2 anos ou mais incluem:

- febre alta repentina;

- dor de cabeça severa que pode parecer diferente das dores de cabeça que você já experimentou antes;

- torcicolo;

- náuseas e/ou vômitos;

- confusão, desorientação e problemas de concentração;

- visão dupla;

- convulsões;

- sensibilidade à luz clara;

- sonolência;

- perda de apetite e diminuição da sede;

- erupção cutânea (característica apenas de alguns tipos de meningite).

Os sintomas nos recém-nascidos e nas crianças incluem:

- febre alta;

- choro constante;

- sonolência ou irritabilidade;

- letargia;

- má alimentação;

- protuberância no ponto macio da parte superior da cabeça (fontanela);

- rigidez no pescoço e no corpo.

Se você, seu filho ou outra pessoa à sua volta tiver os sintomas, chame um médico o mais rápido possível.

Certos fatores podem aumentar o risco de desenvolver meningite. Eles incluem:

- não tomar as vacinas recomendadas;

- idade: crianças menores de 5 anos têm maior risco de meningite viral; pessoas com menos de 20 anos são mais propensas a ter meningite bacteriana;

- estar grávida: as mulheres grávidas correm maior risco de listeriose, o que pode causar meningite e pôr em risco a vida do bebê;

- sistema imunológico enfraquecido: pessoas que tomam medicamentos que reprimem o sistema imunológico e as pessoas que sofrem de HIV/AIDS, doenças autoimunes, diabetes ou sofrem de alcoolismo, apresentam maior risco de meningite;

- viver em comunidade, em dormitórios ou quartéis, e frequentar escolas de internato ou creches.

Você pode tomar medidas para prevenir a meningite:

- tomar as vacinas para prevenir infecções bacterianas que causam meningite;

- não compartilhe itens de higiene pessoal, talheres e outros objetos com alguém infectado ou que tenha sido exposto à infecção;

- fortaleça o seu sistema imunológico, durma adequadamente, tenha uma dieta saudável e pratique exercícios físicos;

- lave as mãos com sabão e água corrente, especialmente depois de ir ao banheiro, antes de comer e cozinhar, depois de encostar em animais e depois de estar em lugares lotados, como transportes públicos;

- para reduzir o risco de listeriose (especialmente se estiver grávida), cozinhe a carne a temperaturas altas o suficiente para matar as bactérias e não consuma queijos feitos com leite não pasteurizado.

Esta publicação é apenas para fins informativos e não se destina a fornecer conselhos médicos. O WIKR não se responsabiliza por quaisquer possíveis consequências de qualquer tratamento, procedimento, exercício, modificação na dieta, ação ou aplicação de medicação que resulte da leitura ou seguimento da informação contida nesta publicação. Antes de realizar qualquer tipo de tratamento, o leitor deve consultar seu médico ou outro profissional de saúde.