Pedras nos rins: Sintomas, fatores de risco e prevenção

SAÚDE E ESTILO DE VIDA

Pedras nos rins: Sintomas, fatores de risco e prevenção

Date December 1, 2017 18:13

As pedras nos rins são uma condição bastante comum que afeta a 11% dos homens e a 6% das mulheres nos Estados Unidos am algum momento de suas vidas. Há diferentes tipos de pedras nos rins e elas aparecem por diversas razões. Neste artigo falaremos um pouco sobre eles.

O problema pode aparecer por níveis altos de cálcio, oxalato e fósforo na urina. Na maioria dos casos, as pedras nos rins podem ser tratadas com medicamentos e o aumento da ingestão de líquidos, em casos mais severos é necessário operar.

Quais são os sintomas das pedras nos rins?

Quem está com pedras nos rins pode não mostrar sintomas, mas quando eles acontecem, costumam ser os seguintes:

- dor cortante na parte lombar ou na virilha, muita gente descreve como a pior dor que sentiu na vida;

- urina rosada, vermelha ou marrom, o que indica a presença de sangue;

- urina turva ou mal-cheirosa;

- urgência em urinar;

- micção dolorosa;

- dificuldade na passagem da urina;

- náusea e vômito;

- febre e calafrios

Quais fatores aumentam o risco de desenvolver pedras nos rins?

Certos fatores podem aumentar o risco de desenvolver pedras nos rins, que incluem:

- ter histórico de pedras nos rins;

- ter familiares com pedras nos rins;

- desidratação;

- obesidade;

- dieta muito rica em proteínas animais, sal e açúcar;

- ter passado por cirurgia gástrica;

- ser portador de doenças como inflamação no intestino, gota, hipertireoidismo, hipercalciúria.

- tomar certos medicamentos tais como diuréticos e antiácidos com base de cálcio;

Como diminuir o risco?

As medidas que você pode tomar são:

- beber bastante líquidos;

- se você têm casos de pedras nos rins na família siga as recomendações do seu médico;

- se você é propenso a ter cálculos renais limite o consumo de alimentos com oxalato, tais como ruibarbo, beterraba, espinafre, batata doce, amendoins, chá, chocolate, pimenta do reino e derivados de soja;

- consuma também menos sal e proteínas animais, especialmente se você faz parte do grupo de risco;

- níveis adequados de cálcio na sua dieta não deveriam causar problemas, mas consulte seu médico antes de inicial uma suplementação com este componente;

- algumas pessoas dizem que tomar suco de limão ajuda a prevenir os cálculos renais.

Fontes: Mayo Clinic, MedicineNet, HealthLine


É importante deixar claro que toda informação contida no Fabiosa tem um fim exclusivamente informativo, e que em nenhum momento deve ser considerada como assessoria, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Nunca deixe de procurar um médico, não ignore o conselho médico e nem demore em buscar assistência médica por algo que tenha lido neste site.