Susan Sarandon nunca planejou se tornar uma atriz - foi pura sorte

CELEBRIDADES

Susan Sarandon nunca planejou se tornar uma atriz - foi pura sorte

Date December 6, 2017 15:22

Susan Sarandon é conhecida por ser uma das mais respeitadas atrizes de Hollywood. Sua carreira começou em 1970 e, desde então, ela ganhou fama, tanto como atriz quanto por suas obras filantrópicas e ativismo político. Ela estrelou grandes sucessos, como "Thelma e Louise" (1991), "Os Últimos Passos de Um Homem" (1995) e "O cliente" (1994).

gettyimages

No início

Susan Sarandon nasceu  em 4 de outubro de 1946, filha de Lenora Marie e Phillip Leslie Tomalin. Ela foi criada como católica e frequentou escolas católicas romanas. Ela também frequentou a Universidade Católica da América.

Enquanto crescia, Sarandon não tinha qualquer interesse em atuar. Foi apenas depois que se casou com Chris Sarandon que começou a considerar a possibilidade de uma carreira nessa área. Chris era ator na época e foi convidado para uma audição para o filme "Joe – Das Drogas à Morte." Susan o acompanhou. Enquanto Chris acabou não conseguindo o papel, Susan teve um papel importante no filme, que depois se tornou sua estreia em Hollywood. Falando ao The Guardian, ela disse:

Então, eu nunca tinha frequentado aulas de teatro, nunca pensei em mim mesma como atriz, ou qualquer coisa assim, eu meio que “caí de paraquedas.

gettyimages

O drama policial se tornou um grande sucesso, o que levou Susan a aparecer em outros filmes e tembém lhe garantiu papéis importantes em duas telenovelas: "A World Apart” e “Search for Tomorrow” (“Um mundo à parte” e “A busca pelo amanhã”, em tradução livre). Em 1970, ela tornou-se um nome conhecido.

Reconhecimento

Em 1995, Susan ganhou o Oscar de Melhor Atriz por seu papel como a Irmã Helen Prejean no filme " Os Últimos Passos de Um Homem".

Em 2009, ela recebeu o prêmio “Lifetime Achievement” durante a edição daquele ano do Festival Internacional de Cinema de Stockholm. Um ano mais tarde, ela foi introduzida no Hall da Fama de Nova Jersey. Dois anos depois, Susan também recebeu o prêmio Goldene Kamera International Lifetime Achievement.

gettyimages

Sua vida fora da tela

Por muitos anos, Susan continuou a obter ainda mais fama e papéis importantes em muitos filmes e passou a ser um nome frequente em sucessos de bilheteria. Ela conquistou muitos corações e as pessoas estavam muito interessadas na bela jovem, especialmente quando se tratava de sua vida pessoal.

Infelizmente, seu casamento com Chris terminou em 1979 em meio a rumores de casos extraconjugais da parte dela. Em 2014, a atriz confessou que teve  uma relação apaixonada com seu coadjuvante no filme "Fome de Viver”, David Bowie. Em uma entrevista, relatou-se que ela disse:

Ele é alguém que vale a pena idolatrar. Ele é extraordinário. Aquele foi realmente um período interessante.

gettyimages

A  história de amor finalmente chegou ao fim porque Susan não queria ter filhos. "Eu não planejava ter filhos", disse ela, acrescentando que, sendo a mais velha entre nove irmãos e sendo obrigada a cumprir o papel de mãe para eles, seu instinto maternal foi reprimido.

Eventualmente, ela teve uma filha, Eva Amurri, com o cineasta italiano Franco Amurri, em 15 de março de 1985.

gettyimages

Mais tarde, ela namorou o ator Tim Robbins, com quem teve dois filhos. Em 2009, esse relacionamento chegou ao fim e logo havia rumores de que ela estava com Jonathan Bricklin, um relacionamento que durou até 2015.

gettyimages

Susan Sarandon está no cinema há mais de 40 anos, um feito que poucas atrizes alcançaram. Até a presente data, ela ainda é muito requisitada. Recentemente, ela desempenhou o papel de Isis Dunkler em "Perfeita é a Mãe 2”, e ainda tem dois filmes em fase de pós-produção. Aos 71 anos, Susan não parece estar diminuindo o ritmo e acreditamos que isso é muito louvável.