3 sintomas comuns de artrite gotosa e medidas preventivas para esta condição dolorosa

Inspiração

December 22, 2017 14:01 By Fabiosa

Você já ouviu falar da gota? Nos velhos tempos, esta condição era chamada de "a doença dos reis", pois era associado com o consumo de refeições ricas e vinho, luxos que pessoas comuns não tinham condições de ter. Hoje em dia, a gota é bastante comum, mas o que é gota, afinal?

Gota é uma forma de artrite que está relacionado com níveis elevados de ácido úrico no sangue. De acordo com especialistas, mais de 8 milhões de pessoas somente nos Estados Unidos sofrem de gota.

Os homens são mais propensos a desenvolver a doença. As mulheres são mais vulneráveis à condição após a menopausa. Além disso, homens que têm a pressão arterial elevada ou estão acima do peso são particularmente propensos a desenvolver gota. Se  eles tomam regularmente medicamentos diuréticos à base de tiazida, o risco é ainda maior.

Sintomas comuns de gota

Em artrite gotosa, a quantidade excessiva de ácido úrico no sangue leva à formação de cristais nas articulações. O lugar mais comum onde isso acontece é o dedão do pé. Um ataque de gota pode durar de três a dez dias, mas os primeiros dias são os mais dolorosos. A gota geralmente ocorre em uma junta de cada vez. Ocorrências súbitas podem desaparecer mesmo sem medicamentos, mas os ataques podem voltar depois de vários meses ou até mesmo anos. Você pode conversar com o seu médico sobre os exames de sangue e de urina necessários para determinar o possível risco de gota.

Os sintomas mais comuns de gota incluem:

  1. Dor súbita e intensa em uma articulação, que normalmente começa no meio da noite;
  2. Sensibilidade: a articulação acometida também pode ficar quente e vermelha;
  3. Rigidez e inchaço na articulação.

Não tratada, a gota normalmente leva a complicações graves. Os cristais de ácido úrico podem causar problemas nos rins e nas articulações. Além disso, o acúmulo de ácido úrico pode formar pedras nos rins.

Como prevenir gota

Adotar um estilo de vida saudável é parte essencial de um plano de tratamento eficaz.

Se você é propenso a desenvolver gota ou se esta condição é comum em sua família, é necessário fazer algumas mudanças em sua dieta. Álcool, gorduras e certos alimentos podem aumentar o nível de ácido úrico no organismo, especialmente em homens.

Alimentos que você deve evitar ou limitar se você sofre de artrite gotosa:

  • Bebidas alcoólicas;
  • Aspargo;
  • Feijões;
  • Lagosta;
  • Sardinhas;
  • Vieiras;
  • Camarão;
  • Bebidas com nível alto de açúcar;
  • Ervilhas secas;
  • Carne vermelha.

O álcool, principalmente a cerveja, pode até desencadear um ataque de gota. Uma medida recomendada para evitar essa condição é beber muita água, uma vez que a água em maior quantidade ajuda a eliminar o ácido úrico do seu corpo.

Um estudo com pessoas diagnosticadas com gota demonstrou que há 35% menos ocorrências de ataques de gota em indivíduos que consumiam cerejas ou extrato de cereja. Os cientistas acreditam que a fruta pode diminuir os níveis de ácido úrico no sangue.

A gota geralmente ocorre quando você menos espera, mas, felizmente esta condição é curável. Com o início imediato do tratamento adequado, a inflamação e a dor desaparecem depois de alguns dias, apesar de poder voltar a acontecer a qualquer momento. A reincidência de ataques é comum se o nível de ácido úrico continuar descontrolado. Hábitos de vida saudáveis, incluindo a alimentação, podem ajudar a evitar o agravamento da doença.

Fonte: Health, Arthritis, WebMD


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada no artigo. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes do artigo.