Definindo a sua criatividade: que animal você vê na imagem?

INSPIRAÇÃO

Definindo a sua criatividade: que animal você vê na imagem?

Date March 7, 2018 06:11

Esta ilusão de ótica viralizou nas redes sociais rapidamente. Para torná-la ainda mais interessante, podemos te dizer que ela foi publicada pela primeira vez em 1892 em uma revista de humor alemã chamada "Fliegende Blättermade". No entanto, ela ganhou popularidade 6 anos depois, quando o psicólogo americano Joseph Jastrow a tornou famosa. Apesar de ter sido desenhada há mais de cem anos, esta imagem pode dizer muito sobre o funcionamento do seu cérebro.

O que você vê? Um coelho ou um pato? Você consegue ver apenas um animal? Ou você consegue ver os dois?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Acusado injustamente, homem passa 38 anos na prisão antes de ser finalmente inocentado e sai com seu animal de estimação

Psicólogos afirmam que a capacidade de mudar rapidamente entre um coelho e um pato é um indicador das suas habilidades criativas. Também pode significar que podemos ver o mundo não apenas de uma, mas de várias perspectivas diferentes. Quanto mais criativo você é, maior é a chance de que você consiga alternar entre as imagens dos dois animais mais rápido do que outras pessoas.

via GIPHY

Mudar rapidamente entre o pato e o coelho te dá uma visão criativa de que existem outras maneiras de olhar para um determinado objeto além do habitual.

Algumas pessoas, ao olhar para essa ilusão de ótica, são capazes de mudar a imagem rapidamente e com facilidade, enquanto outras apresentam alguma dificuldade para enxergar o outro animal. Surpreendentemente, quando este teste foi feito com crianças em diferentes momentos no período de um ano, os resultados foram diferentes dos anteriores, o que só prova que nossa mente funciona de maneiras que não podem ser explicadas.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Psicologia Positiva ajuda as pessoas a superarem seus desafios por meio da positividade e da resiliência


O material deste artigo é destinado apenas a fins informativos e não substitui o conselho de um especialista devidamente habilitado.