6 mitos populares sobre flacidez nos sérios

Inspiração

Quando você folheia uma revista sobre moda ou esportes, você vê mulheres com seios perfeitamente modelados. A maioria deles recebe tratamento de imagem para corrigir imperfeições, mas algumas mulheres são no mínimo sortudas por terem genes que lhes dão peitos firmes e “empinados”. É preciso lembrar, contudo, que existem outros fatores além de genes que influenciam a aparência dos seios. E há muitos mitos sobre coisas que fazem os peitos ficarem flácidos e “caídos” e também sobre como a situação pode ser revertida.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Dormir com sutiã ou não? O eterno dilema foi resolvido para as mulheres e sua comodidade

Aqui estão 6 deles:

1. Usar sutiã enquanto dorme pode ajudar a evitar a flacidez

Não há provas de que dormir com seu sutiã efetivamente previna a flacidez nos seios. Usar ou não um sutiã para dormir é apenas uma questão de conforto.

2. Molhar os seios com água fria os deixa mais firmes

A lógica por trás desta afirmação é que a água fria pode afetar o tecido dos seios, deixando-os com uma aparência melhor. A água fria pode deixar a pele dos seios mais elástica, mas não tem nenhum efeito sobre o tecido mamário.

3. Existem exercícios que podem melhorar significativamente a forma dos seios

Os peitos são compostos de gordura e tecido glandular, não de músculos. Não existem exercícios específicos para os seios, mas é possível melhorar sua aparência até certo ponto por meio de exercícios que trabalham os músculos peitorais. Falando em exercícios, use um top esportivo quando for à academia ou quando for apenas caminhar ou correr: o sutiã adequado mantém seus peitos no lugar e evita o estiramento do tecido.

4. Consumir determinados alimentos pode deixar os seios mais firmes

Embora não haja alimentos específicos para deixar os peitos com uma aparência melhor, ter hábitos alimentares saudáveis em geral e beber bastante água pode ajudar a manter a pele e a forma dos seios em condições saudáveis.

5. A amamentação deixa os seios flácidos

Vários estudos já realizados sobre o assunto não encontraram uma relação entre amamentação e flacidez nos seios. Curiosamente, é o aumento de peso durante a gravidez que contribui para que os seios fiquem flácidos e percam a forma. Nesse caso, os seios recuperam sua firmeza e forma depois de algum tempo.

6. Não há o que você possa fazer para evitar que seus seios caiam

Idade e genética estão entre os fatores imutáveis ​​que influenciam a forma dos seios. É possível, entretanto, conservá-los saudáveis e bonitos mantendo uma dieta equilibrada e o peso adequado, evitando excesso de exposição a raios ultravioletas nocivos e seguindo um estilo de vida saudável de modo geral.

Para aquelas mulheres que não estão contentes com a forma de seus seios, existem certos procedimentos que podem melhorar sua aparência: não há vergonha alguma em procurar ajuda cirúrgica para conseguir os peitos perfeitos que você tanto deseja. Se esta é sua opção, apenas certifique-se da qualificação, da experiência e da competência dos profissionais médicos envolvidos.

Fonte: Prevention, Health, Express.co.uk

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Sintomas de seios fibrocísticos e 6 dicas que podem ajudar a melhorar essa condição


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.