Existem várias maneiras de ajudar um animal abusado, mesmo se você não tem condições de adotá-lo!

Muitos animais se tornam vítimas de abuso todos os dias. Você pode não acreditar, mas as estrelas absolutas da Internet - os gatos - também sofrem com a "mão humana". Como alguém pode abusar de uma criatura tão fofa e indefesa? A resposta é muito mais simples do que você imagina. A maioria dos abusadores são os próprios donos que simplesmente negligenciam seus animais de estimação felinos.

No entanto, há outros casos, que incluem crianças curiosas ou agressivas, que abusam fisicamente de gatos vira-latas, bem como adultos emocionalmente instáveis, que podem prejudicar seus animais de estimação. O que podemos fazer sobre esse assunto? Podemos denunciar qualquer suspeita de abuso de animais ou adotar um gato abusado e nos tornar sua nova e amorosa família. Mas, primeiro, precisamos conhecer os sinais de um animal maltratado.

Existem várias maneiras de ajudar um animal abusado, mesmo se você não tem condições de adotá-lo!

frantic00 / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: De partir o coração: seis anos depois da morte do dono, cachorro sente seu cheiro e tem uma reação comovente

Características de um gato abusado

Gatos abusados compartilham muitos sinais semelhantes com cães maltratados. Os felinos podem ter indicadores físicos de abuso, bem como mudanças comportamentais. Pode ser difícil perceber os últimos, por isso começaremos com os sinais de abuso físico mais óbvios:

  • feridas abertas ou crônicas não tratadas, cicatrizes;
  • pele escamosa não tratada, inchaços ou erupções cutâneas;
  • mancando ou incapacidade de ficar em pé;
  • secreção pesada do nariz ou olhos;
  • contusão, fraturas, tensões musculares;
  • falta de dentes;
  • falta de partes do corpo (cauda, membros, orelhas, etc.);
  • sendo deixado sozinho do lado de fora sem comida ou água por um longo tempo.

Alguns dos sinais comportamentais mais comuns do gato abusado podem incluir:

  • falta de confiança nas pessoas;
  • falta de atividade (apatia);
  • esconder-se ou agachar em um canto, isolamento;
  • apego extremo ou medo de ser deixado sozinho;
  • extrema agressividade.

Existem várias maneiras de ajudar um animal abusado, mesmo se você não tem condições de adotá-lo!Abandoned stray cat is being petted by a person

Goncharov_Artem / Shutterstock.com

Nika - o sobrevivente da neve

Gatos abusados podem estar em qualquer lugar. Se você se deparar com um gato perdido, pode acreditar que provavelmente ele foi abandonado. Ninguém sabe o que aconteceu com Nika, mas ela não teria sobrevivido se não fosse a atenção e gentileza de sua nova família.

A gatinha de 6 meses de idade foi encontrada na estrada em condições que dificilmente podem ser chamadas de amigáveis. Apenas neve gelada cercava a pobre criatura. Nika estava completamente congelada. Qualquer um congelaria, afinal, a temperatura era de -18 °C do lado de fora.

Existem várias maneiras de ajudar um animal abusado, mesmo se você não tem condições de adotá-lo!Small cat is comletely frozen and covered in snow

CatPusic / YouTube

Por sorte, alguém a notou e encostou o carro. A gatinha foi aquecida pelo radiador e pela lâmpada. Embora ela tivesse sido capaz de sobreviver, a metade de sua cauda teve que ser amputada por causa do congelamento. Nika foi submetida à cirurgia e agora desfruta de uma nova vida com sua família carinhosa e amorosa.

Existem várias maneiras de ajudar um animal abusado, mesmo se você não tem condições de adotá-lo!Small cat successfully underwent surgery amputation of tail

CatPusic / YouTube

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Tipos de abuso contra os animais: desde a negligência dos proprietários até o comércio de peles e brigas de cães

Como ajudar um gato abusado a se recuperar?

Se você quer adotar um gato ou gatinho que tenha sido abusado, a primeira coisa que precisa criar é uma atmosfera calma e amorosa em sua casa. Além disso, existem algumas dicas gerais que você pode seguir:

  • seja paciente, deixe seu gato se adaptar às novas condições de vida;
  • proteja seu gato da sensação de medo;
  • melhore a confiança do seu gato, expondo-o gradualmente a situações em que ele tenha sucesso;
  • exercícios adequados e uma dieta saudável são vitais para uma rápida recuperação;
  • forneça ao seu gato seu próprio lugar seguro;
  • nunca grite ou bata no seu gato;
  • água, comida e atenção devem ser o básico.

Existem várias maneiras de ajudar um animal abusado, mesmo se você não tem condições de adotá-lo!Abused sick cat lying on the veterinarian's hands

RJ22 / Shutterstock.com

Dependendo da situação traumática pela qual o gato possa ter passado, pode levar muito tempo para se recuperar. Seja paciente e não pressione. Fornecer todas as necessidades básicas e não exigir nada em troca é a filosofia mais bem-sucedida ao tentar reabilitar um gato abusado. Com o tempo, você ficará surpreso ao ver a maravilhosa transformação de seu animal de estimação.

No entanto, sabemos que algumas pessoas não podem arcar com a adoção e isso é absolutamente normal. Nesse caso, é importante denunciar qualquer caso suspeito de abuso de animais às autoridades responsáveis da sua região, ligar para o 190 (em caso de situação de risco de vida) ou conduzir o animal vítima de abuso para a clínica veterinária mais próxima. A maioria dos animais (especialmente domésticos) não é capaz de reagir ou cuidar de si mesma, é por isso que cabe a nós fazer tudo o que for possível para ajudá-los.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: https://fabiosa.com.br/ctani-rsali-aujgo-pblus-phlvn-marsha-ursa-triste-mundo-santuario-resgate-emocionante/