Este cachorro de rua tinha a pele igual a uma pedra de tanta sarna, mas graças aos "heróis caninos" hoje ele se tornou irreconhecível

O pequeno Petri sofreu muito durante os primeiros três meses de sua vida. Como filhote de uma mãe perdida, ele nasceu em uma montanha perto dos subúrbios mais perigosos de Atenas, na Grécia.  

Sozinho, assustado e coberto de sarna, ele foi resgatado por uma ONG em 2016.

Este cachorro de rua tinha a pele igual a uma pedra de tanta sarna, mas graças aos The Orphan Pet / YouTube

Petri era um cachorro selvagem que não sabia o que é ser amado e cuidado. Ele até mordeu uma das pessoas que tentou resgatá-lo, quando eles estavam tentando removê-lo da montanha. Após o exame na clínica, descobriu-se que o filhote sofria de Ehrlichia e sarna. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Ao presenciar crime terrível, cão herói arrisca a vida e salva mulher de tentativa de estupro

Este cachorro de rua tinha a pele igual a uma pedra de tanta sarna, mas graças aos The Orphan Pet / YouTube

Ele foi limpo, arrumado e passou cerca de um mês na clínica para receber tratamentos e se recuperar. No entanto, Petri precisava de mais que um tratamento.  

Até beijos e abraços não podiam curar suas feridas comportamentais. Porém, depois de passar um tempo em uma casa incrível com um ótimo treinador, ele se tornou o cão feliz e social que é hoje. 

Este cachorro de rua tinha a pele igual a uma pedra de tanta sarna, mas graças aos The Orphan Pet / YouTube

Podemos ver a surpreendente transformação física e emocional do cachorro no vídeo abaixo. As pessoas comentaram sobre o vídeo, elogiando os que salvaram Petri.

Como curar sarna em cães 

Há muitas maneiras de tratar a sarna canina. A medicação pode ser dada por injeções, via oral, via xampu ou topicamente - tudo depende da raça do cão e do tipo de sarna. 

O primeiro passo é evitar que a sarna se espalhe, isolando o seu cão de outros animais e seres humanos. O veterinário irá prescrever medicamentos antiparasitários e tratamentos para aliviar a inflamação, gravura e infecções secundárias da pele. É importante lembrar que gerenciar o estresse do cão também é uma parte essencial do tratamento da sarna. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: "Não tinha forças para levantar": Cachorra abandonada e desnutrida realiza uma fuga, digna de filme, para salvar sua vida!

 

Recomendamos