As 5 histórias de sequestro mais horripilantes e terríveis

FAMÍLIA & CRIANÇAS

As 5 histórias de sequestro mais horripilantes e terríveis na história

Date November 23, 2018 14:43

O sequestro sempre foi um assunto extremamente importante. E, mesmo hoje em dia, com o desenvolvimento de dispositivos de segurança, os raptos acontecem de tempos em tempos. A mídia geralmente destaca as histórias de sequestro mais chocantes, seja para assustar as pessoas ou simplesmente para fins de entretenimento. Acreditamos que esses dois motivos não são bons. Reunimos cinco casos famosos de sequestro que, espera-se, não apenas nos divertirão, mas também ensinarão uma boa lição e ajudarão a evitar que histórias parecidas aconteçam.

As 5 histórias de sequestro mais horripilantes e terríveis na história

MIA Studio / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Mulher tira selfie do seu próprio sequestro e envia foto para provar para psicóloga e pedir ajuda para se acalmar

 

Histórias de sequestro: os 5 sequestros mais chocantes

1. O filho de Frank Sinatra valeu 2 milhões de dólares

Um dos mais infames sequestros por resgate aconteceu em 1963, em 8 de dezembro. Dois jovens, Barry Keenan e Joe Amsler, fingiram ser entregadores, entraram no camarim do Harrah's Club Lodge, na cidade de Lake Tahoe, estado norte-americano de Nevada, onde amarraram uma testemunha e sequestraram o filho de um dos maiores cantores da época. Os dois estavam esperando um resgate volumoso por Franky Jr. Devido à importância dos números, o FBI foi rapidamente chamado para o caso. A unidade de investigação americana aconselhou Sinatra a pagar os 240 mil dólares pelo resgate, o que vale cerca de 2 milhões (cerca de 7,5 milhões de reais) hoje.

O terceiro criminoso, John Irwin, era o contato para o resgate. As instruções dos sequestradores eram claras: deixar o dinheiro entre dois ônibus escolares na cidade de Sepulveda, Califórnia, três dias após o sequestro. Quando os criminosos conseguiram o dinheiro, eles libertaram Frank Sinatra, Jr. O FBI encontrou o lugar onde ele ficou detido e, em seguida, localizou Keenan, Amsler e Irwin. Todos os três foram condenados.

As 5 histórias de sequestro mais horripilantes e terríveis na história

gettyimages

 

2. Elizabeth Smart - 9 meses no inferno

Essa horrível história de sequestro infantil aconteceu em 5 de junho de 2002. Elizabeth, 14 anos, estava dormindo em seu quarto, que compartilhava com sua irmã Mary Katherine, quando, de repente, foi acordada por um homem que tinha uma faca no pescoço da menina. Ele a tirou de sua própria casa e a levou através dos bosques para um acampamento. Brian David Mitchell e sua esposa Wanda Barzee realizaram um ritual de casamento estranho e, em seguida, o homem estuprou sua nova esposa, Elizabeth. Em seguida, ele a estuprou todos os dias e a privou de comida à beira da inanição. Elizabeth foi mantida em cativeiro por mais de 9 meses.

Brian David Mitchell acreditava que era um profeta chamado Immanuel e tentou recrutar Elizabeth para sua religião. Por sorte, a irmã mais nova, Mary, apenas fingiu estar dormindo no dia do sequestro. Após longas investigações, a polícia identificou o sequestrador e transmitiu sua foto na TV. Em 12 de março de 2003, ele e Elizabeth foram vistos. A garota estava usando uma peruca e óculos escuros. Mitchell foi condenado à prisão perpétua, enquanto sua esposa Barzee recebeu 15 anos de prisão. Milagrosamente, Elizabeth conseguiu superar os horrores do passado e agora desfruta de sua vida normalmente.

As 5 histórias de sequestro mais horripilantes e terríveis na história

Real Stories / YouTube

 

3. Steven Stayner - o herói abandonado

Steven tinha apenas 7 anos de idade quando Kenneth Parnell sequestrou o garoto enquanto voltava da escola. O pedófilo de meia idade se apresentou enquanto distribuía folhetos religiosos e pedia doações para a caridade. Ele ofereceu ao menino uma carona para casa, mas, dentro de algumas horas, Steven já estava mentalmente dominado. Parnell convenceu o garoto de que ele era seu tutor legal e que seus pais biológicos haviam o abandonado. Steven viveria sete anos como filho e brinquedo sexual de Parnell. Mas, quando o menino cresceu, Parnell quis encontrar uma nova vítima, que, por acaso, foi Timothy White, de 7 anos de idade.

Embora Steven nunca tenha tentado escapar, ele não podia tolerar o fato de que outro menino iria passar pelos mesmos horrores que ele. Esforçando-se para encontrar os pais biológicos de Timothy, Stayner organizou uma fuga corajosa no meio da noite e, felizmente, foi bem-sucedido. Entretanto, apesar do fato de Steven ter sido proclamado herói, as coisas na escola e na família não eram boas. Stayner sofreu bullying na escola e mais tarde foi expulso de sua própria casa pelo pai. Você pode imaginar isso? Essa triste história de sequestro fica ainda pior. Kenneth Parnell, o homem que sequestrou e abusou sexualmente de dois garotos, teve uma pena de apenas 7 anos de prisão. Ele até saiu antes por bom comportamento. Steven Stayner morreu em um acidente horrível aos 24 anos em sua moto.

As 5 histórias de sequestro mais horripilantes e terríveis na história

CNN / YouTube

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Manual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestro

4. Patty Hearst: uma história de Síndrome de Estocolmo

Neta de uma famosa jornalista, Patty Hearst, foi sequestrada por um grupo radical de terroristas conhecido como Symbionese Liberation Army (SLA) em 1974. Este caso ainda continua sendo uma das mais controversas histórias de sequestro da história. Donald DeFreeze, o líder do SLA, queria destruir o "estado capitalista". Ele esperava que as conexões de Patty ajudassem a atrair a atenção do público. A garota ficou com os olhos vendados por 2 meses. Em seguida, o grupo começou a liberar fitas de vídeo com pedidos de doações de alimentos no valor de milhões de dólares em troca da liberdade de Patty.

No entanto, a história teve uma reviravolta repentina: Patty alegou que havia se juntado ao SLA e assumido o novo nome de “Tania”. Mais tarde, ela foi vista em diferentes operações criminosas, incluindo um assalto a banco, onde claramente ajudou a SLA. Menos de 6 meses após o sequestro, em 16 de maio, a sede do grupo foi finalmente descoberta. E embora Patty e muitos outros membros tenham fugido, ela foi encontrada posteriormente pelo FBI. Hearst foi condenada a 7 anos de prisão, mas acabou tendo seus crimes perdoados. Até hoje, muitos especialistas acreditam que Patty sofreu uma lavagem cerebral e desenvolveu a Síndrome de Estocolmo, o que significa que ela teve uma forte empatia e respeito por seus sequestradores.

Embed from Getty Images

 

5. Ariel Castro: insano ou monstro?

Três jovens mulheres, Michelle Knight, Amanda Berry e Georgina DeJesus, foram sucessivamente sequestradas entre 2002 e 2004. Uma das mais chocantes histórias de sequestro se alongou por cerca de 10 anos. Arial Castro raptou sua primeira vítima em 23 de agosto de 2002, quando Knight estava saindo da casa de sua prima. A mulher tinha 21 anos de idade e precisava comparecer ao tribunal para lutar pela custódia do filho. A polícia não deu muita atenção ao caso, em partes, devido ao fato de ela ser adulta.

Amanda Berry foi sequestrada na véspera de seu aniversário de 17 anos, em 21 de abril de 2003. Ela provavelmente estava indo para casa do trabalho. Ela foi considerada uma fugitiva. Os pais de Berry nunca pararam de procurar pela filha, apesar de uma alegação da chamada psíquica Sylvia Browne de que Berry estava morta e deitada na água. Gina DeJesus tinha apenas 14 anos de idade. Ela também estava a caminho de casa. Todas as três garotas foram sequestradas quando aceitaram uma carona de Castro. Ele as atraiu para dentro de sua casa, onde as manteve em cativeiro.

As mulheres finalmente conseguiram escapar em 6 de maio de 2013, quando Castro saiu de casa e não conseguiu trancar a porta do quarto apropriadamente. Berry fez contato com os vizinhos, que resgataram a mulher e sua filha de 6 anos e ligaram para a polícia. Em seguida, policiais chegaram ao local e salvaram todas as sequestradas. Castro foi condenado a mais de 1.000 anos de prisão. O homem cometeu suicídio um mês depois de sua sentença.

As 5 histórias de sequestro mais horripilantes e terríveis na história

Channel 5 / YouTube

Esses horríveis casos de sequestro são uma representação das piores doenças da humanidade: ganância, insanidade e poder. Algumas pessoas sequestram por dinheiro, outras fazem isso pelo poder e algumas são verdadeiros monstros, que simplesmente não podem ser salvas. Todos precisam conhecer essas histórias para aprender sobre os erros das vítimas e impedir que casos semelhantes aconteçam.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: A revanche da tecnologia! Postagem sobre sequestro relâmpago viraliza na internet e ajuda a resolver o caso