Manual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestro

Existem tantos perigos neste mundo. Como podemos proteger nossos filhos de todos eles? Doenças horríveis podem surgir e acidentes podem acontecer ... Mas você deve saber que é totalmente possível proteger seu precioso filho do sequestro sem ter que segui-los em todos os lugares que eles vão! As crianças precisam enfrentar alguns obstáculos e perigos para se fortalecerem.

Hoje em dia, existem muitas outras maneiras de protegê-las de uma forma mais saudável, em vez de apenas ser um pai superprotetor, o que por si só não garante a segurança absoluta desejada de seu filho. Existem também dezenas de dicas profissionais para evitar o sequestro, que você pode começar a usar hoje. Neste artigo, você pode encontrar tudo o que precisa saber sobre diferentes dispositivos, táticas de segurança e outras ferramentas disponíveis para qualquer pai ou mãe que esteja se esforçando para manter a criança segura.

Manual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestroManual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestroKonstantinChristian / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Pai do ano: Ele entrou em uma situação embaraçosa para livrar a filha de uma vergonha escolar

Dicas de segurança para evitar sequestro

A primeira coisa que você precisa fazer como pai para impedir que seu filho seja sequestrado é conversar com ele. Você deve informá-lo sobre o possível perigo e explicar como evitá-lo. Basicamente, a melhor maneira de prevenir o sequestro é preparar seu filho para um encontro com um sequestrador, para que ele saiba o que fazer em uma situação desse tipo. Não se esqueça dos seus filhos mais velhos, as estatísticas mostram que as crianças com idades entre os 12 e os 18 anos são raptadas com mais frequência do que as crianças com menos idade. Para falar corretamente com seu filho, você pode seguir as dicas descritas abaixo:

  1. Ao falar com seu filho, NUNCA tente assustá-lo. O medo pode realmente bloquear as informações importantes que você está tentando explicar. Fale de maneira calma e não ameaçadora. As crianças devem estar cientes do possível perigo, mas não paralisadas pelo medo.
  2. Sempre fale abertamente sobre questões de segurança. É mais provável que as crianças cheguem a discutir algo preocupante com você, se acharem que você está aberto, confortável e disposto a ajudar.
  3. De acordo com muitos relatos, a maioria dos sequestradores de crianças não são completos estranhos. Portanto, o conceito de que  "estranho significa perigo" não funciona. A criança deve entender que a maioria dos sequestros é cometida por um conhecido (pode até ser um amigo próximo e membro da família). Discuta os sinais de comportamento suspeito para ajudar seu filho a reconhecer prontamente quaisquer intenções malignas.
  4. Repita essas conversas várias vezes. Pode parecer que a criança entende tudo, mas ainda precisa implementar as novas informações. Tente discutir tudo passo a passo. Portanto, você precisa criar um plano: talvez começando com quem são sequestradores e onde isso pode acontecer, e explicar gradualmente as medidas que seu filho pode tomar para evitar o sequestro.
  5. Pratique brincando de “e se”, onde você descreveria um cenário e seu filho teria ideias sobre o que fazer em uma situação de sequestro. Certifique-se de que seu filho entenda que é mais importante evitar o possível perigo do que ser educado.

Manual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestroManual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestroLightField Studios / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Mãe revoltada processou o McDonald's por cobrar uma água dada à sua filha com câncer

As coisas mais importantes que seu filho deve saber

Embora não haja muitas coisas que seu filho precise saber e lembrar, é difícil incorporá-lo ao cotidiano da criança. Sem mencionar que nem todo adulto segue, conhece ou entende completamente as seguintes recomendações:

  1. Tenha certeza de que seu filho esteja sempre com seus amigos ou um adulto de confiança quando sair de casa. É importante que a criança possa dizer não a alguém que a faça se sentir assustada, desconfortável ou ansiosa.
  2. As crianças devem sempre verificar com seus pais antes de sair de casa e passear por aí. Os pais precisam primeiro saber o destino e depois aprová-lo. Isso também se aplica a todas as situações em que alguém convida a criança para entrar no carro e dar uma carona, uma ajuda ou qualquer outra coisa.
  3. Certifique-se de que seu filho saiba que ele ou ela sempre pode falar sobre qualquer coisa que o preocupe, perturbe ou chateie. Muitas vezes, as crianças ficam em silêncio sobre o primeiro contato com o sequestrador, mesmo que tenham experimentado emoções desagradáveis. Elas podem ter medo ou até mesmo vergonha de dizer algo aos pais.
  4. Toda criança deve saber que tem o direito de estar segura, ter seu espaço pessoal. Ninguém deve tocá-las sem a permissão delas. É aqui que é melhor se safar da situação do que ser “educado” e enfrentar.
  5. Outra ótima ferramenta para diminuir o risco de seu filho ser sequestrado é uma palavra de código. Como apenas 24% de todos os sequestros são cometidos por estranhos, escolha uma palavra simples com seu filho, para que ele saiba em quem confiar. A palavra código deve ser secreta e somente pessoas confiáveis ​​devem conhecê-la.
  6. Explique aos seus filhos como usar o 190 ou qualquer outro número de emergência. Instrua-os sobre o que fazer em caso de se perder em algum lugar público. Se a criança tiver idade suficiente para ficar em casa sozinha, certifique-se de que tranquem a porta, nunca a abram para estranhos ou pessoas sem a palavra-código e nunca digam a ninguém que estão sozinhos.
  7. Ensaie um grito especial em caso de emergência. Um grito alto e longo significa que a criança precisa de ajuda. A criança não deve ficar paralisada e imóvel, especialmente em caso de sequestro.

Manual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestroManual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestroPhotographee.eu / Shutterstock.com

Ferramentas tecnológicas para prevenir o sequestro

Vivemos no século XXI, onde a tecnologia pode fazer milagres. Imagine ter sistemas de rastreamento há cem anos! É claro que muitas crianças não concordariam em ser rastreadas, e isso é especialmente verdadeiro no caso de adolescentes. Além disso, não recomendamos que nenhum dos pais seja superprotetor. No entanto, existem outras coisas que você pode usar para evitar que seu filho desapareça. Vamos dar uma olhada mais de perto:

1. Celulares

Manual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestrosdecoret / Shutterstock.com

Sim, você pode instalar um aplicativo especial para rastrear seu filho 24 horas por dia, 7 dias por semana, mas estamos falando de chamadas e textos simples. Certifique-se de que seu filho entenda como é importante atender o telefone a qualquer momento. É fácil: eles são livres para sair com seus amigos e você fica tranquilo. Os telefones celulares são ótimos porque a polícia pode rastrear o dispositivo sem nenhum aplicativo se algo acontecer. No entanto, lembre-se de que vários aplicativos podem fornecer informações sobre a localização do seu filho para alguns estranhos.

2. Internet

Hoje, muitas crianças pequenas têm a possibilidade de conversar com estranhos online. É extremamente importante ter conversas familiares sobre segurança na Internet. Ao trocar fotos ou vídeos, a criança pode compartilhar informações pessoais com um sequestrador em potencial através de algumas placas ou locais importantes.

3. Informações e fotos pessoais

Você deve sempre ter o chamado "kit de criança desaparecida", que inclui pelo menos uma foto recente de seu filho, sua altura e peso atuais e um conjunto de impressões digitais. Todas essas coisas podem ajudar os serviços a encontrar o seu filho se ele desaparecer. Em outras palavras, você deve ser o mais descritivo possível! Qualquer informação pode ser útil.

4. Dispositivos de rastreamento GPS

Agora vamos falar sobre os dispositivos de rastreamento antissequestro, com a ajuda dos quais você pode ficar de olho no seu filho 24 horas por dia, 7 dias por semana. Esses dispositivos têm muitos benefícios, incluindo:

  • Fornecer a localização atual da criança;
  • Notificá-lo se a criança entrar em uma área insegura;
  • Dar um alerta quando a criança precisa de ajuda imediata;
  • Sem mais preocupações desnecessárias.

Existem muitos rastreadores no mercado hoje em dia. Você sempre pode consultar um vendedor em uma loja para aprender as diferenças. No entanto, não importa qual seja o modelo, ele deve oferecer as vantagens mencionadas acima. No entanto, recomendamos que você tome uma decisão conjunta e não apenas coloque o rastreador no seu filho. Discuta todos os prós e contras juntos, como uma família unida!

Manual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestroManual de utilidade pública sobre segurança infantil! Dicas essenciais para evitar o sequestro, incluindo equipamentos antissequestroMariaNikiforova / Shutterstock.com

Se seu filho desaparecer, não entre em pânico. As chances deles serem sequestrados são de aproximadamente 1 em 300.000. Normalmente, uma criança está atrasada ou não entendeu as instruções dos pais. Elas podem ir à casa de seus amigos ou assistir a filmes depois da escola sem avisá-lo. Essas coisas acontecem com muito mais frequência do que sequestros. Caso você acredite que seu filho está sendo sequestrado, antes de mais nada, permaneça calmo.

Nós realmente esperamos que estas dicas para evitar o sequestro ajudem sua família. Lembre-se, é extremamente importante conversar abertamente com as crianças, para que elas se abram com você em qualquer caso possível. Esteja sempre presente para seus filhos!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Movida pelo amor, mãe de garotinha com deficiência cria associação que faz próteses e ajuda pessoas do país inteiro

Recomendamos