Ninguém merece ser vítima de violência doméstica. Aprend

FAMÍLIA & CRIANÇAS

Ninguém merece ser vítima de violência doméstica. Aprenda quais são os sinais de abuso para poder prevenir essa situação

Date November 13, 2018 16:07

Não seria ótimo se você fosse capaz de identificar um parceiro abusivo logo no início do relacionamento? Provavelmente, se fosse óbvio saber quem é abusivo e quem não é, não haveria nenhum problema de violência doméstica. No entanto, as coisas não funcionam assim, infelizmente. Muitas vezes, os abusadores mais cruéis são os mais charmosos e educados no começo. E então, um dia você é espancado ou percebe que é infeliz e que sua auto-estima está destruída.

Tantos especialistas em psicologia tentaram determinar os sinais de violência doméstica para ajudar os outros a identificá-los o mais rápido possível, porque na maioria dos casos, quanto mais o tempo passa, mais difícil é deixar o parceiro. Queremos compartilhar com você os mais comuns sinais de alerta de violência doméstica, para que você possa evitar que esse horrível pesadelo aconteça com você, assim como perceber se você já está nele e poder fugir dessa situação.

Ninguém merece ser vítima de violência doméstica. Aprenda quais são os sinais de abuso para poder prevenir essa situaçãoDoidam 10 / Shutterstock.com

Sinais de violência doméstica: como reconhecer o agressor

O bom é que você não precisa se formar em psicologia para reconhecer um agressor. O ruim, porém, é que existem muitos tipos de violência doméstica: de abuso emocional e mental a abuso físico e sexual. Dependendo do tipo predominante de violência, os sinais podem variar muito. No entanto, há sinais gerais de comportamento abusivo que você pode observar para evitar essas pessoas e não se expor.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Depois de ser vítima de violência doméstica, essa mulher encontrou uma poderosa arma para refazer sua vida

8 sinais precoces de parceiros abusivos:

  1. Eles culpam você pelos próprios erros.
  2. Eles usam o ressentimento como um mecanismo defensivo para lidar com a injustiça na vida.
  3. Eles acreditam que têm direito e merecem um tratamento muito especial.
  4. Eles tentam afirmar o domínio e mostram superioridade em tudo.
  5. Eles tendem a se concentrar e se fixar em pequenos detalhes negativos na vida.
  6. Eles constantemente usam o sarcasmo para desvalorizar sua personalidade e conquistas.
  7. Eles tomam decisões por você, mesmo quando você não pede.
  8. Você sente que precisa ser outra pessoa quando está com eles, como se você não fosse boa o suficiente.

Ninguém merece ser vítima de violência doméstica. Aprenda quais são os sinais de abuso para poder prevenir essa situaçãoLolostock / Shutterstock.com

Sinais de violência doméstica: como reconhecer a vítima

Dependendo do tipo de violência doméstica, as vítimas apresentam sinais de abuso diferentes e muitas vezes combinados. A violência doméstica acontece quando uma pessoa tenta controlar e dominar seu parceiro. E há muitos métodos que os abusadores podem usar para atingir esse objetivo. Muitas vezes, a violência doméstica começa com a exploração psicológica e se transforma em abuso físico. Identificar o abuso é difícil porque, muitas vezes, as vítimas preferem permanecer em silêncio e não contam a ninguém sobre o assunto. Os sinais abaixo podem ajudá-lo a reconhecer que alguém próximo está passando por isso:

  • contusões inexplicáveis ​​ou suspeitas, feridas, fraturas;
  • encobrir lesões e dando desculpas sem sentido;
  • reclamar sobre questões do sono;
  • mudanças súbitas inexplicáveis ​​na personalidade: do alegre ao retraído;
  • abandonar atividades que costumava desfrutar;
  • ter privacidade excessiva em relação ao seu relacionamento íntimo;
  • pedir permissão ao parceiro para sair com os amigos;
  • ter pouco dinheiro, embora a família não seja pobre;
  • isolar-se de amigos e familiares;
  • mostrar sinais de ansiedade e depressão;
  • comportamento suicida;
  • ter questões com drogas ou álcool;
  • queda rápida de auto-estima.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Os homens também são vítimas da violência doméstica: veja dados e um caso emblemático

Ninguém merece ser vítima de violência doméstica. Aprenda quais são os sinais de abuso para poder prevenir essa situaçãoWoman, violenceasiandelight / Shutterstock.com

Por que as pessoas permanecem em relacionamentos abusivos?

Esta questão é muito difícil de entender devido à natureza complexa da personalidade humana. Da necessidade de ser abusada ou punida até a síndrome do salvador, as pessoas podem ter muitas razões diferentes para permanecer em relacionamentos onde a violência doméstica é uma coisa comum. Vamos olhar mais de perto para as principais:

  1. Crença de que seu parceiro vai mudar e parar de abusar.
  2. Medo do agressor por ser ameaçado.
  3. Baixa auto-estima e medo de viver sozinho.
  4. Alguns podem se sentir responsáveis ​​por ser abusado.
  5. Síndrome do salvador, significando que a vítima pode sentir que é a única pessoa que pode ajudar ou mesmo salvar seu agressor.
  6. Transtornos psicológicos quando a vítima precisa ser abusada. Esta é uma forma de autopunição.
  7. Forte descrença na aplicação da lei.
  8. Sentindo que ninguém poderia ajudá-los.
  9. Crenças e tradições culturais ou religiosas.
  10. Medo de prejudicar as crianças.
  11. Falta de apoio devido ao isolamento social - o agressor é o único sistema de apoio.

Ninguém merece ser vítima de violência doméstica. Aprenda quais são os sinais de abuso para poder prevenir essa situaçãoIlya Andriyanov / Shutterstock.com

Como você pode ver, há várias razões para as vítimas permanecerem em relacionamentos tão destrutivos. Além disso, muitas vezes, essas razões se sobrepõem, tornando quase impossível escapar. É por isso que as pessoas precisam intervir. Amigos próximos, familiares e pessoas que se importam não devem fechar os olhos para o problema. Ninguém merece ser abusado de forma alguma. Toda criança merece viver em uma família feliz sem manifestações de violência. Já foi provado que é muito melhor que as crianças passem pelo divórcio dos pais do que viver em condições tão perturbadoras. A violência doméstica é uma questão enorme que prejudica diretamente a nossa sociedade. Vamos ajudar a acabar com ela!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Especialistas mostram como mulheres traumatizadas pela violência doméstica podem se recuperar