Mãe fez seu filho vestir uma camiseta escrita: “Eu sou um valentão” quando soube como ele estava chamando seus colegas de classe

O bullying é um problema comum em quase toda escola, apesar dos esforços contínuos para acabar com ele. Mas, qual é a melhor maneira de lidar com isso se o seu filho é aquele que faz bullying com as outras crianças?

Mãe fez seu filho vestir uma camiseta escrita: “Eu sou um valentão” quando soube como ele estava chamando seus colegas de classeSpeedKingz / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Já ouviu falar no Teste da Orelhinha? Veja um bebê ouvindo pela primeira vez e tente não morrer com esse ataque de fofura!

Uma mãe do Texas fez seu filho vestir uma camiseta com as palavras “Eu sou um valentão”.

Uma mãe de Splendora, Texas, descobriu que seu filho da quinta série estava chamando seus colegas de classe de “estúpidos” e “idiotas”. Então, a mulher decidiu ensinar ao seu filho a lição: Ela o fez ir à escola vestindo uma camiseta com as palavras “Eu sou um valentão” escritas nela.

Uma mãe da "velha escola" descobriu que seu filho estava chamando os colegas de classe de "burros" e de "idiotas", então, ela o fez usar essa camiseta na escola

O que você acha desse castigo?

SPLENDORA, Texas - Uma mãe fez seu filho usar uma camiseta na escola que dizia “Eu sou um valentão”, depois que ela soube que ele estava intimidando crianças.

Star, que só queria ser mencionada pelo primeiro nome, fez que ele usasse a camiseta na sexta-feira para ir à escola Greenleaf Elementary, informou a KTRK.

"Sou uma mãe da velha escola", ela disse. "Eu não mimo meus filhos. Eu não facilito as coisas para eles."

A mãe disse que ouvira dizer que seu filho de quinta-série chamava os outros alunos de “estúpidos” e “idiotas”.

Ela postou imagens de seu filho usando a camisa no Facebook, mas acabou removendo o post depois de um feedback negativo.

Star disse que conversou com a escola sobre fazer seu filho usar a camisa e eles apoiaram sua decisão.

A escola divulgou uma declaração ao KTRK dizendo que os pais têm o direito de tomar essas decisões e um conselheiro ficou de olho no aluno ao longo do dia.

"Ele vai sobreviver. E ele já está tratando melhor suas irmãs. Ele já está tratando seus primos melhor. Ele aprendeu com isso. Isso é tudo que importa", disse Star.

MARCA COMERCIAL E DIREITOS AUTORAIS 2018 CABO NEWS NETWORK, INC.,  WAR WARNER. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

A história tem circulado pelos noticiários locais. A mãe do garoto disse que seus professores e a diretora aprovaram sua medida disciplinar. Além disso, seu filho já começou a tratar sua irmã, primos e crianças na escola melhor, de acordo com sua mãe.

A maioria das reações ao seu método de disciplina tem sido positivas. Muitos parabenizaram a mãe, dizendo que isso é o que pais deveriam fazer para impedir seus filhos de praticarem bullying:

Criticá-la seria o mesmo que acusá-la se o bullying levasse alguma outra criança ao suicídio ou algum outro tiroteio na escola. Pelo menos, ela é uma mãe ativa e está atenta.

 

 

Ela faria o que qualquer mãe decente faria... dou cinco estrelas para ela.

Adorei isso! Com certeza, isso deveria acontecer na escola. Habilidades parentais impressionantes aqui! Eu faria uma camisa de néon para que eles saíssem por aí para todo mundo ver. O bullying é horrível. Está terrível agora. Fora de controle. Esses pais estão de certíssimos, fazendo a coisa certa, fazendo com que seus filhos enfrentem as consequências.

É isso aí! Legal essa mamãe!

Entretanto, alguns discordam, dizendo que essa punição não serviu pra nada além de envergonhar o garoto.

Você nunca deveria fazer isso com uma criança. Deveria tê-lo punido de outra maneira, e não estou dizendo que você deveria bater nele ou humilhá-lo. Tire algo que ele gosta dele, ou deixe-o de castigo em seu quarto. Existem tantas outras opções, em vez dessa que você escolheu.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Ele foi abandonado ainda com o cordão umbilical no corpo, mas a vida colocou uma família abençoada em seu caminho

Punição funciona para acabar com o bullying?

Bullying não é exatamente um novo fenômeno. Esforços para acabar com ele continuam, mas nem sempre têm sido efetivos.

Obviamente, quando as crianças fazem bullying com outra, ficam em apuros em casa e na escola. Na escola, a criança deve encarar uma suspensão, castigo ou mesmo expulsão. Em casa, todos os tipos de punição se aplicam, dependendo dos pais. Mas punição sozinha não é suficiente para parar com o comportamento negativo.

Mãe fez seu filho vestir uma camiseta escrita: “Eu sou um valentão” quando soube como ele estava chamando seus colegas de classe

Uma punição que faz uma criança se sentir humilhada não funciona – isso só deixa a criança aborrecida e desafiadora.

Se uma criança que foi pega praticando bullying com outras sofre uma punição, esta precisa ser razoável e proporcional ao erro. Um comum e aceitável método de disciplina, nesse caso, é tirar os privilégios (por exemplo, tirar o laptop da criança ou tablet até o comportamento melhorar).

Mãe fez seu filho vestir uma camiseta escrita: “Eu sou um valentão” quando soube como ele estava chamando seus colegas de classeanna.danilkova / Shutterstock.com

Além disso, ao dizer o que está errado, a criança precisa aprender o que é certo. Desenvolver as habilidades sociais da criança e ajudar ele ou ela a construir uma relação positiva com os colegas é o que realmente funciona. Pais deveriam coordenar seus esforços com a escola para fazer isso acontecer.

Mãe fez seu filho vestir uma camiseta escrita: “Eu sou um valentão” quando soube como ele estava chamando seus colegas de classeOlimpik / Shutterstock.com

Embora isso não seja suficiente para acabar com o bullying e em todos níveis, nós deveríamos fazer o que for possível para acabar com isso. A coisa mais importante é fazer o certo.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Em decisão mais difícil da sua vida, mãe opta por amputar perna da filha para que ela tenha a chance de ter uma vida normal

Recomendamos