Desidratação em bebês: Mulher faz apelo a todas as mães

Desidratação em bebês: Mulher faz apelo a todas as mães sobre os riscos fatais de uma amamentação incompleta

Família & Crianças

October 10, 2018 00:54 By Fabiosa

A perda trágica de uma mãe 

Quando Jillian Johnson e seu marido Jarrod deram as boas-vindas a seu filho, Landon, em 25 de fevereiro de 2012 foi a maior felicidade de suas vidas. O menino estava saudável e tudo parecia bem. Mal sabiam os novos pais que estavam prestes a viver seu pior pesadelo. 

O pequeno Landon estava chorando e pegando o peito de sua mãe o tempo todo. Ela ficou preocupada, mas as infermeiras lhe asseguraram que “ele tinha um bom peso e estava indo bem”. No entanto, um dos especialistas apontou que Jillian poderia ter problemas para produzir leite suficiente para o bebê, já que ela tem a síndrome do ovário policístico.

Desidratação em bebês: Mulher faz apelo a todas as mães sobre os riscos fatais de uma amamentação incompletaJoshua Wagoner / YouTube

Quando Landon recebeu alta, ele perdeu 10% de seu peso ao nascer. Isso é considerado normal em recém-nascidos, por isso não houve um alarme para os pais nem para equipe do hospital. Mas, deveria! 

Apenas doze horas depois que Jillian e Jarrod trouxeram seu filho recém-nascido para casa, ele sofreu uma parada cardíaca causada pela desidratação. O pequeno foi levado de volta ao hospital e colocado na UTI. Infelizmente, os médicos não conseguiram salvá-lo.

Desidratação em bebês: Mulher faz apelo a todas as mães sobre os riscos fatais de uma amamentação incompletaJoshua Wagoner / YouTube

Jillian levou cinco longos anos de dor para reunir coragem para compartilhar sua história. Ela escreveu um post no blog de uma fundação, na qual compartilhou os detalhes de sua perda dolorosa. Ela também incentivou as mães a dar a mamadeira aos bebês quando eles precisam: 

  

O melhor conselho que ouvi de um médicos, enquanto [Landon] estava na UTI, foi que o leite materno é a melhor opção, mas juntamente com a mamadeira. 

 

Desta forma, você sabe que seu bebê comeu o suficiente ... se eu pudesse voltar no tempo.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Inaceitável! Bebê morre minutos depois de ser batizado e o vídeo do ato violento está horrorizando o mundo inteiro!

Desidratação em bebês: Mulher faz apelo a todas as mães sobre os riscos fatais de uma amamentação incompletaJoshua Wagoner / YouTube

Como reconhecer a desidratação em bebês e quando procurar ajuda médica 

A desidratação em bebês não é muito comum, mas pode acontecer se a mãe que está amamentando não estiver produzindo leite suficiente ou por algumas outras razões. 

Os sinais e sintomas de desidratação que você deve observar incluem: 

  

  1. Lábios secos e boca seca; 
  2. Menos de 6 fraldas molhadas em 24 horas; 
  3. A falta de interesse em se alimentar, ou tentar se alimentar com mais frequência do que o normal; 
  4. Uma fontanela afundada (ponto macio no topo da cabeça de um bebê); 
  5. Chorar sem lágrimas; 
  6. Pedir colo a todo momento. 

 

Ligue imediatamente para um pediatra de sua confiança se ele tiver sinais e sintomas listados acima e / ou febre.

Desidratação em bebês: Mulher faz apelo a todas as mães sobre os riscos fatais de uma amamentação incompletaLopolo / Shutterstock.com

Como diminuir o risco de desidratação em bebês 

Para reduzir o risco de desidratação do seu bebê, o seguinte pode ajudar: 

  

  1. Se você não tiver certeza de que seu bebê está recebendo leite materno suficiente, procure ajuda profissional de um conselheiro de amamentação. 
  2. Amamente seu bebê frequentemente (pelo menos a cada 2 a 3 horas, 24 horas por dia). 
  3. Se o seu bebê estiver doente e tiver diarreia e / ou vômito, certifique-se de que ele esteja recebendo líquidos adicionais suficientes. 
  4. Verifique regularmente a saída de urina, acompanhando o número de fraldas molhadas. 

Para produzir mais leite, você pode experimentar alguns alimentos e ervas que facilitam a produção de leite (use-os depois de obter a aprovação do seu médico). 

Se você não consegue produzir leite suficiente, complete com fórmula ou leite materno doado. 

Desidratação em bebês: Mulher faz apelo a todas as mães sobre os riscos fatais de uma amamentação incompletaAfrica Studio / Shutterstock.com

Se optar por amamentar exclusivamente seu filho, você precisa ter leite materno suficiente para atender às necessidades de nutrientes e líquidos do bebê. Se o seu suprimento de leite estiver baixo, não há nada de errado em oferecer a mamadeira. 

Gostou das dicas? Compartilhe com as amigas.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Fofura do dia! Vídeo de bebê com Síndrome de Down aprendendo o alfabeto está divertindo todos na internet


Este material é destinado apenas a fins informativos. Alguns dos produtos e itens discutidos neste artigo podem causar reações alérgicas ou danos à saúde. Antes de fazer uso deles, consulte um especialista devidamente habilitado. Os editores não são responsáveis por quaisquer consequências que possam ser causadas pelo uso dos métodos, produtos ou itens descritos neste artigo.