Milagre? Três pares de gêmeos nasceram no mesmo dia com 15 anos de diferença uns dos outros

Imagine a seguinte história: três pares de gêmeos que foram concebidos  mesmo dia, pelos mesmos pais, mas que chegaram a este mundo separados por anos de diferença. Soa quase surreal, não é? Mas isso pode acontecer se você tiver fé e acreditar na ciência moderna.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: A caminho do Livro dos Recordes. Uma mulher da Escócia dá à luz gêmeos enormes

A história dos gêmeos milagrosos

Toda essa história começou em 2002, quando Marie e Randy Johnson, um casal de Minnesota que tinha problemas para engravidar naturalmente, optou pela fertilização in vitro. Marie tinha sido diagnosticada com Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) antes de conhecer Randy. Depois de tentar um bebê por alguns anos, eles decidiram procurar ajuda para especialistas em fertilidade.Milagre? Três pares de gêmeos nasceram no mesmo dia com 15 anos de diferença uns dos outrosBlurryMe / Shutterstock.com

Logo após o procedimento, Marie deu à luz aos gêmeos fraternos, Alex e Kurt, em junho de 2003. Ela e Randy tinham embriões mais viáveis, mas preferiram não ter mais bebês (por motivos de saúde). Ainda assim, escolheram não ter os embriões destruídos por causa de suas crenças religiosas profundas.

O Centro Nacional de Doação de Embriões ofereceu, então, uma solução: eles armazenariam os embriões gratuitamente até que casais adequados que compartilhassem as crenças dos Johnsons decidissem usá-los.

Milagre? Três pares de gêmeos nasceram no mesmo dia com 15 anos de diferença uns dos outrosAfrica Studio / Shutterstock.com

Jeni e Danny Gardner, um casal de Charleston, Carolina do Sul, tiveram cinco filhos e foram abençoados com o sexto, mas uma tragédia aconteceu e o menino veio ao mundo natimorto. Danny e Jeni ficaram arrasados, mas confiaram em Deus para dar-lhes mais filhos. Foi quando conheceram o programa de adoção de embrião de outros membros da igreja e decidiram experimentá-lo.

O NEDC possibilitou o encontro dos Gardners com os Johnsons e Jeni deu à luz aos gêmeos, Matthias e James em novembro de 2017. Ela e Danny ficaram tão animados em recebê-los, que a mãe escreveu em seu ensaio para o NEDC:

Que alegria eles nos trouxeram! São os bebês mais doces. Não há como se sentirem sem amor, com cinco irmãos mais velhos sempre ansiosos por segurá-los, alimentá-los e brincar com eles.

Em algum momento nessa época, Amy e Robert Hefner, um casal do Tennessee que enfrentava problemas de fertilidade, também encontrou um folheto com as informações do centro de doação de embriões. Eles foram emparelhados com os Johnsons, e Amy deu à luz as gêmeas Eliana e Aliza, que nasceram em junho de 2018.

As famílias continuam em contato uma com a outra

Todas as três famílias desta história incrível mantêm contato uma com a outra. Para eles, o vínculo que compartilham é único e inquebrável. Eles até se encontraram na vida real e expressaram sua gratidão um ao outro.

Os pais felizes acreditam que a escolha deles pelo centro de doação de embriões não foi nada aleatória: foi pelo projeto de Deus que todos eles foram reunidos.

Alex e Kurt Johnson, os mais velhos dos gêmeos, têm quinze anos de diferença de idade com as meninas da Hefner.

2 meses atrás foi um grande dia para as nossas garotas. Eles conseguiram conhecer sua família de doadores biológicos que viajaram para nos ver de Minnesota. Passamos bons momentos juntos e estamos tão agradecidos que o Senhor reuniu nossas famílias! Nossas meninas e seus filhos nasceram no mesmo dia, 11 de junho, 15 anos separados. "Agradeça ao Senhor, invoque o seu nome; Fazei conhecer os seus feitos entre os povos".

De toda forma, não podemos negar que essas famílias são absolutamente abençoadas por terem umas as outras e por, de algum modo inesperado, terem cruzados seus caminhos.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: É difícil de acreditar... mulher tem dois pares de gêmeos e acaba de dar à luz novamente. São gêmeos outra vez!