Garota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de

Garota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensais

Família & Crianças

April 9, 2019 20:50 By Fabiosa

O que fazer quando sua filha não conhece o valor do dinheiro?

Ensinar os filhos sobre a administração das finanças pode não ser fácil, mas é algo extremamente necessário para a vida adulta. Mas como fazer isso se sua filha de 15 anos se tornou uma pessoa mimada? Uma mãe de Beverly Hills, cujos gastos da filha adolescente se tornaram incontroláveis, já não sabia mais o que fazer e foi então que ela pediu ajuda para o Dr. Phil.

Garota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisDr. Phil / YouTube

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Chega de birra! Essas 6 dicas podem ajudar a lidar com crianças teimosas

Nina Gray é uma mãe solo que trabalha 6 dias por semana para dar tudo do bom e do melhor para sua filha, de 15 anos. Ao participar do programa The Dr. Phil Show, Nina disse que Nicolette, sua filha, se acostumou a uma vida de luxos desde tenra idade. Desde pequena, Nicolette já tinha seu "próprio cartão de crédito sem limite de gastos".

Nicolette é fã de roupas, bolsas e sapatos de marcas de luxo caríssimas e, durante o programa, ela até mesmo admitiu sua condição de vida:

Eu sei que sou mimada, mas eu gosto de viver assim!

Garota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisDr. Phil / YouTube

Nina percebeu que os gastos da filha estavam fugindo de seu controle e decidiu cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares por mês. Obviamente, Nicolette não ficou nada feliz:

Eu me sinto como uma pedinte.

E adicionou:

Quando minha mãe se nega a me dar dinheiro, eu transformo a vida dela em um inferno.

Na primeira entrevista para o Dr. Phil, a mãe disse que acabou cedendo aos desejos da filha baseado-se na culpa de “ser uma mãe solo, trabalhar 6 dias por semana e por não estar em casa com ela o tempo suficiente".

Garota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisDr. Phil / YouTube

Quando mãe e filha apareceram no programa, o Dr. Phil explicou a elas onde estava o erro naquela situação. A autoestima e autopercepção de Nicolette estavam atreladas ao luxo dos itens que ela usava e era exatamente aquilo que precisava mudar.

A indulgência excessiva também é uma forma de abuso infantil.

Dr. Phil explicou para Nina que ainda não era tarde demais para "reeducar” sua filha, e completou com uma frase que fez a plateia irromper em aplausos:

Dê a ela mais amor e menos dinheiro.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Filhos de pais omissos: 7 consequências desse tipo de criação

Garota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisDr. Phil / YouTube

Como ensinar os filhos sobre o dinheiro?

Apesar de poder ser difícil ensinar as crianças sobre o valor do dinheiro quando eles ainda são jovens, não é impossível. Mas, para tornar essa tarefa mais fácil, é sempre melhor começar desde cedo.

Veja algumas dicas para te ajudar nesse processo:

  1. Ensine seu filho a diferença entre necessidade e desejo. Será que eles realmente precisam daquele doce ou é apenas um mimo? Será que eles realmente precisam daquele telefone ou eles só querem aquilo porque todos os seus amigos estão usando?
  2. Ensine seu filho a como guardar dinheiro para comprar algo que eles queiram, ensine-o, por exemplo, a ter um cofrinho para que ele veja suas economias crescendo com o passar do tempo.
  3. Ensine que seu filho não pode ter tudo e que ele precisa saber priorizar seus desejos. Por exemplo, para uma criança, isso seria dizer que ele pode comprar um brinquedo ou outro, mas não os dois.
  4. Se você possui filhos adolescentes, encoraje-os a conseguir um trabalho de meio período, ou um trabalho durante as férias. É assim que um jovem vai aprender a realmente valorizar o tempo e o dinheiro.

Garota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisGarota de 15 anos surta depois de mãe cortar sua mesada de 5.000 para 1.000 dólares mensaisfotoknips / Shutterstock.com

Quanto mais cedo você começar a educar seus filhos sobre o dinheiro, mais cedo eles irão entender seu valor e saberão lidar com os gastos com responsabilidade.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Chega de sufoco! Estas são as 3 formas mais eficientes para qualquer pessoa guardar dinheiro mesmo ganhando pouco