One Early Sign Of Alzheimer's That May Show Up Before Others

Mal de Alzheimer não é detectado apenas pelos lapsos de memória; há outro sintoma que não deve ser ignorado

Saúde e Estilo de Vida

September 26, 2018 23:36 By Fabiosa

O único sinal de Alzheimer que pode aparecer antes dos outros 

A doença de Alzheimer parece estar em ascensão, assim como no Brasil, a população de outros  países está  envelhecendo. Estima-se que mais de 1 milhão de brasileiros tenham Alzheimer. 

Infelizmente, ainda não há cura para este e outros tipos de demência. Os cientistas sabem o suficiente sobre a doença de Alzheimer para entender o que está acontecendo nos cérebros dos afetados, mas não o suficiente para determinar suas causas e encontrar uma cura. No entanto, há algum progresso em pelo menos uma área da pesquisa: a detecção precoce.

Kateryna Kon / Shutterstock.com

Uma nova pesquisa da Universidade de Washington em St. Louis nos dá uma pista sobre qual pode ser o primeiro sinal da doença de Alzheimer. E não é perda de memória.  

No estudo recente, havia três grupos de participantes: indivíduos saudáveis, aqueles com doença de Alzheimer em estágio inicial e pessoas no estágio pré-clínico da doença.  

A tarefa dada a eles era encontrar o caminho para sair de um labirinto virtual de computadores. O objetivo era testar as habilidades de navegação e orientação dos participantes.

As pessoas com doença de Alzheimer em estágio inicial se saíram mal, mas não muito atrás ficaram as com Alzheimer pré-clínico. 

O que isso nos diz? Incapacidade ou diminuição da capacidade de encontrar o seu caminho poderia ser um dos primeiros sinais da doença de Alzheimer. Sim, muitas pessoas com habilidades de navegação ruins não têm a doença. Mas se você pudesse facilmente navegar em lugares familiares e desconhecidos e começar a perder essa habilidade, pode ser um dos primeiros sinais vermelhos do Alzheimer.

Photographee.eu / Shutterstock.com

Outros sinais da doença de Alzheimer 

Pessoas com a doença geralmente recebem o diagnóstico quando seus sintomas já são aparentes há algum tempo. Alguns sinais sutis podem apontar para a enfermidade em desenvolvimento mais precocemente, porém são fáceis de ignorar. Abaixo, listamos alguns desses sinais que podem ser apresentados desde os primeiros estágios da condição: 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Jovem posta mensagem sobre avó com Alzheimer e comove internautas

1. Aumentando o esquecimento 

Image Point Fr / Shutterstock.com

Esquecimento e diminuição da capacidade de aprender coisas novas são um dos primeiros sinais da doença de Alzheimer. Não é um problema se você esquecer algo temporariamente, no entanto, se você está esquecendo as coisas e parece incapaz de recuperá-las da sua memória, pode ser um sinal de problema. 

  

2. Desprendimento 

De Visu / Shutterstock.com

As pessoas que têm Alzheimer precoce mas não foram diagnosticadas, muitas vezes têm a sensação de que algo está errado com elas. Elas podem parar de fazer atividades que costumavam desfrutar, especialmente se forem complexas, também podem começar a evitar conversas, pois pode ser mais difícil para seguirem o que os outros estão dizendo e apresentar respostas coerentes. 

3. Falta de autocuidado 

Assim como pessoas com Alzheimer podem perder o interesse em conversas e atividades, elas também tendem a se tornar menos preocupadas com sua aparência. Alguém com Alzheimer pode começar a esquecer de tomar banho, escovar os dentes, fazer o cabelo ou trocar de roupa. Uma aparência desgrenhada em alguém que costumava aparecer arrumada pode sinalizar a condição. 

4. Problemas com visão e outros sentidos 

Dmytro Zinkevych / Shutterstock.com

Pessoas com Alzheimer costumam reclamar de problemas de visão, mas geralmente não têm nada a ver com os olhos. O problema está na parte do cérebro que processa a informação visual. Queixas comuns incluem mudanças na percepção de profundidade e cor. Também pode haver alterações na audição e no olfato. 

 

Fique atento aos sinais. Esperamos que a medicina evolua e traga boas notícias para quem sofre deste mal. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: A deficiência de vitamina D pode ser subestimada, mas ela provou ser uma causa de grandes alterações em nossos corpos


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.