8 coisas que costumamos fazer e que podem simplesmente matar os nossos rins

SAÚDE E ESTILO DE VIDA

8 coisas que costumamos fazer e que podem simplesmente matar os nossos rins

Date May 29, 2018 14:40

No nosso dia a dia, costumamos explorar integralmente o nosso corpo, e fazemos isso até o momento em que percebemos que algo pode estar errado. E, ainda assim, muitas vezes simplesmente ignoramos qualquer sinal transmitido por ele. Sim, nosso corpo não fala a nossa língua, mas é do nosso interesse aprender a nos comunicar com ele antes que algo irreversível possa acontecer. E o que é ainda mais importante é saber o que pode prejudicar verdadeiramente o nosso corpo. Hoje, falaremos um pouco sobre nossos rins e sobre coisas simples que costumamos fazer e que podem atrapalhar o seu funcionamento.

 

8 coisas que matam os nossos rins

Os rins, presentes no nosso corpo em dupla, no formato de um grão de feijão, têm como principal função filtrar o nosso sangue para remover toxinas e resíduos. Como podemos ver a partir da definição, o bom funcionamento dos rins é de extrema importância para o nosso corpo. No entanto, apesar de entendermos sua importância, muitas vezes fazemos coisas que podem claramente prejudicar o funcionamento deles:

1. Se você está com vontade de fazer xixi, vá e faça

PR Image Factory / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Segurar o xixi: quando isso se torna prejudicial para a saúde

Claro, há momentos em que realmente precisamos segurar e não há problema em fazer isso eventualmente. No entanto, se você costuma segurar com frequência, você está danificando seus rins.

2. Insuficiência de água no corpo

A desidratação causa muito mais danos aos seus rins do que as suas finanças ou a sua falta tempo. Com menos água no organismo, o sangue fica espesso, então os rins não conseguem filtrá-lo adequadamente. Deixe de preguiça e beba mais água diariamente. Caso você esteja desidratado, a cor da sua urina pode mudar e ficar mais escura.

3. Excesso de sal e açúcar

AlenKadr / Shutterstock.com

Em muitos casos, a hipertensão arterial é causada pelo consumo excessivo de sal. E pressão alta, em combinação com sódio contido no sal, provoca sérios danos aos rins. Além disso, as pedras nos rins estão ligadas ao consumo de sal. O açúcar contribui para a pressão alta e, além disso, para a diabetes. É importante evitar, na medida do possível, o consumo de açúcar na alimentação.

4. Os analgésicos não acabam só com a dor

Tibor Duris / Shutterstock.com

O consumo regular de analgésicos pode aumentar o risco de doenças renais. Isso acontece porque os rins têm grandes dificuldades de filtrar os elementos contidos nesse tipo de medicamento. 

5. Excesso de proteínas

As proteínas são muito importantes na alimentação. No entanto, é bastante fácil comer muito mais proteínas do que os seus rins podem processar. Caso você já tenha detectado algum problema no funcionamento dos rins, o consumo exagerado de proteínas pode piorar ainda mais essa condição. 

6. Fumo e álcool

As estatísticas mostram que esses dois hábitos são bastante prejudiciais para o bom funcionamento dos rins. Os fumantes costumam ter proteína na urina, sinal de problema renal; já aqueles que costumam beber com frequência, em muitos casos desenvolvem doenças renais crônicas. 

7. Poucas horas de sono

Estudos mostram que uma quantidade insuficiente de horas de sono pode ser perigosa para os seus rins. O funcionamento dos rins é regulado pelo ciclo diário do organismo, ou seja, tempo de sono e tempo acordado. Esse ciclo não deve ser interrompido frequentemente, seja no caso de muitas horas sem dormir ou excesso de horas dormidas. 

8. Excesso de café

O excesso de cafeína pode comprometer o funcionamento dos rins. O motivo para isso é que nossos rins não foram desenvolvidos para filtrar com tamanha frequência. Os médicos aconselham um limite de duas xícaras por dia ou, ainda melhor, buscar outras fontes de energia mais saudáveis. 

Cuide sempre muito bem dos seus rins e tente mantê-los sempre saudáveis. Caso você perceba determinado inchaço inexplicável nas extremidades, dor nas costas, náuseas persistentes, dores no peito ou problemas com a urina, você deve procurar atendimento médico imediatamente! Não hesite, pois qualquer minuto é precioso quando se trata de problemas com os rins. Nunca se esqueça: a saúde tem que estar sempre em primeiro lugar.

Fonte: StethNews, Web MD, National Kidney Foundation

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Sabe por onde sai a maior parte da gordura do corpo? Não é pelo xixi


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.