Garoto de 21 anos descobre doença grave por causa de um corte de cabelo ruim

"Um corte de cabelo mal feito salvou minha vida": Rapaz encontra um sinal de alerta depois de erro do cabeleireiro!

Cameron Quigley, um garoto de 21 anos de Sunderland, Inglaterra, se sentiu frustrado quando seu novo cabeleireiro errou no corte de seu cabelo. Mas, ele admite que isso acabou salvando sua vida.

Você pode dizer que um mau corte de cabelo salvou minha vida.

Quem sabe quanto tempo poderia passar até que alguém notasse algo se eu tivesse continuado com o mesmo corte de cabelo de sempre?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Mulher é diagnosticada com problema de pele decorrente da gravidez, mas na verdade ela tinha melanoma avançado

O corte de cabelo revelou um sinal na cabeça de Cameron que não seria notório anteriormente. Cameron percebeu a ferida, mas não se preocupou muito no começo. Felizmente, seus pais e namorada o convenceram a procurar um médico depois de duas semanas.

O doutor removeu uma parte do edema e mandou testar em um laboratório. Duas semanas depois, o diagnóstico de melanoma foi confirmado.

Apesar do fato de pessoas de todas as idades poderem serem afetadas pelo melanoma, não é muito comum em adultos jovens. Cameron admitiu que adorava as camas de bronzeamento e não costumava usar protetor solar, fatos que aumentam o risco de melanoma. Agora, ele fala que não deseja mais praticar esse tipo de bronzeamento e que começará a utilizar protetor solar.

Para ajudar outras pessoas sobre esse comum e mortal câncer, que ele teve a sorte de descobrir ainda cedo, Cameron se envolveu com um grupo de apoio para pacientes que possuem o problema:

 

O grupo me ofereceu um suporte diário enquanto minha família estava atolada de problemas e eu estava para baixo e precisava ir para vários médicos.

Eles todos foram brilhantes e espero que eu seja capaz de ajudar outras pessoas a superar esses problemas que um dia eu também superei.

O que é o melanoma e como reconhecer um sinal que pode ser cancerígeno?

Melanoma é um tipo de câncer de pele que começa nas células produtoras de pigmento, chamadas melanócitos. Ele pode aparecer em qualquer lugar da pele, até mesmo em áreas que não são expostas ao sol comumente.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer dos EUA, o melanoma é o quinto tipo de câncer mais comum do país.

undefined

Para reconhecer um melanoma, você precisa saber o que procurar. Os melanomas geralmente não parecem sinais (pintas) comuns de pele. O tipo que Cameron teve, serve como um bom exemplo de como o melanoma se parece, pois ele tinha todos os detalhes típicos desse tipo de câncer.

É mais provável que ele seja cancerígeno quando:

  • Assimétrico – uma metade é diferente da outra metade;
  • Bordas irregulares – melanomas geralmente possuem bordas irregulares;
  • Cor – uma mancha pode ter algumas cores diferentes (geralmente marrom e preto) ou tons de uma cor;
  • Diâmetro – uma mancha que possui mais de 6 mm de diâmetro deve ser motivo de preocupação;
  • Evolução – melanomas podem mudar seu formato, tamanho e cor com o tempo.

undefinedAndrey_Popov / Shutterstock.com

Se você notar algo que se enquadre nesses critérios, vá em um médico urgentemente.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Melanoma: Estatísticas, fatores de risco, e como identificar


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.

 

 

Recomendamos