Mother Got Furious After Her 15-Month-Old Son Was Rejected F

Mãe se revolta com agência de modelos que rejeitou seu filho com síndrome de Down e não desiste de seu sonho

Notícias

September 26, 2018 01:18 By Fabiosa

Uma mãe corajosa de um lindo bebê com síndrome de Down fez sua missão de mudar o setor de publicidade depois que seu filho foi rejeitado a participar de uma campanha publicitária devido à sua "condição especial".

Crianças nascidas com síndrome de Down nos EUA 

A cada ano, cerca de 6.000 bebês nascem com síndrome de Down no país, isto é cerca de 1 em cada 700 bebês nascidos nos Estados Unidos. 

As estatísticas mostram que em 1960 as pessoas com síndrome de Down viviam por cerca de 10 anos de idade, já em 2007 a média subiu para cerca de 47 anos. 

Hoje em dia, as pessoas nascidas com síndrome de Down podem ter uma vida normal como o resto de nós. Então como é que, em pleno século 21, ainda há lugar para padrões de preconceitos com os inocentes bebês?

 

via GIPHY

Criança com síndrome de Down foi rejeitada da campanha publicitária 

Meagan Nash é uma mãe orgulhosa e cheia de atenção com seu adorável filho de 15 meses, Asher. O menino nasceu com a anomalia e isto nunca foi um problema para a família.  

Asher é um garoto inteligente e curioso que continua descobrindo o mundo a cada minuto. 

Meagan decidiu enviar suas fotos para uma agência local de modelos na Geórgia, pois achava que seu filho tinha todas as chances de ser destaque em campanhas publicitárias para várias empresas. No entanto, Nash foi rejeitado. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Filho levou o pai com demência para um passeio de carro, quando ele ligou a música, o inacreditável aconteceu: ele começou a cantar

Quando a mãe ouviu a razão pela qual a agência não o aceitou, ficou furiosa. Meagan contou que o dono da agência disse a ela que não deveria enviar Asher porque a empresa "não especificou necessidades especiais".  

A mãe furiosa luta contra 

Meagan não ia deixar passar tão facilmente. Ela continuou enviando seu filho para outros castings. Finalmente, suas tentativas tiveram sucesso.  

O bebê foi chamado para ser um modelo de uma empresa de vestuário infantil americana, a mamãe coruja não conseguiu acreditar que era verdade quando o gerente da empresa a contatou e disse que eles estavam ansiosos para "mudar a forma como seus anúncios são para mostrar bebês com deficiências no futuro".

Isso não foi tudo! O pequeno Asher se tornou uma verdadeira estrela nas mídias sociais. Suas fotos postadas em diferentes páginas do Facebook, se tornaram virais e conseguiram mais de 100.000 curtidas. Você pode imaginar isso? 

E o melhor de tudo, o dono da empresa que rejeitou o pequenino, de repente viu a perspectiva do garotinho e concordou em chamá-lo para o elenco. 

Parece que Asher tem todas as chances de se tornar uma verdadeira estrela no futuro próximo. Claro, ele deve agradecer a sua mãe incrível por seu trabalho duro e persistência em seguir o seu sonho. Ela provou para o resto do mundo como essas crianças são brilhantes e não devem ser tratadas de forma diferente! 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Inclusão sim! Jovem com síndrome de Down tem reação emocionante ao conseguir seu primeiro emprego