10 sintomas perigosos de hemorragia gastrointestinal

A hemorragia gastrointestinal (GI) é um sinal de uma doença ou condição do sistema digestivo. A hemorragia pode ocorrer em qualquer lugar do seu trato gastrointestinal (= digestivo). Ela pode ser aguda (ocorre de repente e pode ser grave) ou crônica (é lenta e esporádica).

A hemorragia GI superior (que ocorre no trato GI superior) é mais comum do que a hemorragia GI inferior (que ocorre no trato GI inferior). Cerca de 100.000 americanos são hospitalizados com sangramento superior anualmente. A hemorragia gastrointestinal inferior representa cerca de 20% a 30% dos casos de hemorragia gastrointestinal nas regiões ocidentais. O risco de sangramento GI é duas vezes maior nos homens do que nas mulheres.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Primeiros sintomas de úlcera que não devem ser ignorados

Os sintomas do sangramento gastrointestinal são os seguintes:

  • fezes escuras;
  • sangue vermelho escuro ou brilhante nas fezes;
  • sangue vermelho brilhante no vômito;
  • vômito que parece com borra de café;
  • espasmos abdominais;
  • tontura;
  • cansaço;
  • palidez;
  • falta de ar;
  • fraqueza.

A hemorragia gastrointestinal aguda pode levar a um choque; ele é considerada uma emergência médica. Chame a ambulância imediatamente se você ou alguém próximo a você tiver os seguintes sintomas:

  • queda da pressão sanguínea;
  • diminuição ou ausência de micção;
  • aumento da frequência cardíaca;
  • perda da consciência.

Certas condições causam a hemorragia intestinal crônica, o que pode levar à anemia (= baixa contagem de glóbulos vermelhos) no longo prazo. Os sintomas de anemia incluem cansaço e falta de ar.

Muitas condições podem causar a hemorragia gastrointestinal. Abaixo está a lista dos mais comuns:

  • úlceras pépticas;
  • pólipos do cólon;
  • hemorroidas;
  • tumores (benignos e malignos);
  • colite;
  • gastrite;
  • esofagite;
  • diverticulose;
  • angiodisplasia (vasos sanguíneos anormais ou dilatados no trato digestivo).

A prevenção da hemorragia gastrointestinal é baseada no tratamento da condição GI subjacente.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Fatos sobre a gastrite: causas comuns, sintomas, tratamento e como aliviá-la


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.